segunda-feira, dezembro 22, 2014

Nomes e números da Taça Intercontinental (15)... 1974

TAÇA INTERCONTINENTAL

Ano de 1974
Esta foi a única vez em que uma equipa que não logrou vencer a Taça dos Campeões Europeus conseguiu erguer a Taça Intercontinental. Perante a recusa do campeão da Europa em título, o Bayern de Munique, em disputar o título planetário ante o Independiente - os alemães alegaram incompatibilidade de datas para levar por diante o duplo duelo - saltou para o campo de batalha o Atlético de Madrid, vice-campeão europeu. Liderados pelo então jovem treinador Luis Aragonés, o Atleti conquistava desta forma o seu segundo título internacional, despois da Taça das Taças de 1962

1ª mão

Independiente (Argentina) - Atlético Madrid (Espanha): 1-0

Data: 12 de março de 1975
Estádio: La Doble Visera, em Avellaneda (Argentina)
Árbitro: Charles Corver (Holanda)

Independiente:  José Alberto Pérez, Miguel Ángel López, Ricardo Elbio Pavoni, Eduardo Comisso, Rubén Galván, Francisco Pedro Manuel Sa, Agustín Alberto Balbuena, Aldo Fernando Rodríguez (Alejandro Estanislao Semenewicz, aos 57m), Percy Rojas, Ricardo Enrique Bochini, e Ricardo Daniel Bertoni (Luis Alberto Giribert, aos 83m). Treinador: Roberto Ferreiro.

Atlético Madrid: Reina; Melo, "Cacho" Heredia, Benegas, Capón; Eusebio, Alberto (Heraldo Becerra, aos 46m), Adelardo, Irureta; Gárate, e Rubén Ayala. Treinador: Luis Aragonés.

Golo: 1-0 (Balbuena, aos 34m)
Na Argentina, perante um público fanático, os jogadores de ambos os conjuntos protagonizaram um fraco espetáculo. O Atlético jogou permanentemente à defesa, enquanto que a turma da casa apenas por uma vez conseguiu chegar com perigo à baliza de Reina, sendo que nessa única incursão fez golo. No Vicente Calderón tudo seria diferente... para o Atléti

2ª mão

Atlético Madrid (Espanha) - Independiente (Argentina): 2-0

Data: 10 de abril de 1975
Estádio: Vicente Calderón, em Madrid (Espanha)
Árbitro: Carlos Robles (Chile)

Atlético Madrid: Pacheco, Melo, "Cacho" Heredia, Eusebio, Capón, Adelardo, Irureta, Alberto (Salcedo, aos 27m), Aguilar, Gárate, Rubén Ayala. Treinador: Luis Aragonés.

Independiente: José Alberto Pérez, Miguel Ángel López, Ricardo Elbio Pavoni - Eduardo Comisso, Rubén Galván, Osvaldo Miguel Carrica - Agustín Alberto Balbuena, Hugo José Saggiorato, Percy Rojas (Aldo Fernando Rodríguez, aos 69m), Ricardo Enrique Bochini, e Ricardo Daniel Bertoni. Treinador: Roberto Ferreiro.

Golos: 1-0 (Irureta, aos 34m), 2-0 (Ayala, 85).
Com uma exibição de luxo, perante um Calderón a arrebentar pelas costuras, o Atléti
anulou a desvantagem trazida de Avellaneda e conquistava o Mundo!


Vídeo: INDEPENDIENTE - ATLÉTICO MADRID

video
Vídeo: ATLÉTICO MADRID - INDEPENDIENTE
video 

Nenhum comentário: