terça-feira, dezembro 09, 2014

Nomes e números da Taça Intercontinental (6)... 1965

TAÇA INTERCONTINENTAL

Ano de 1965
Em 1965 os mesmos atores da edição anterior (Inter e Independiente) subiram ao palco
da final da Intercontinental, cujo desfecho foi exatamente igual ao de 1964, ou seja, o Inter de Milão fez a festa, mas desta feita sem precisar de horas extras para manter o troféu em Itália.

1ª mão

Inter (Itália) - Independiente (Argentina): 3-0

Data: 8 de setembro de 1965
Estádio: San Siro, em Milão (Itália)
Árbitro: Rudolf Kreitlein (Alemanha)

Inter: Giulano Sarti, Tarcisio Burgnich, Giacinto Facchetti, Gianfranco Bedin, Aristide Guarnieri, Armando Picchi, Jair Da Costa, Alessandro Mazzola, Joaquín Peiró Luis Suárez, e Mario Corso. Treinador: Helenio Herrera.

Independiente: Miguel Ángel Santoro, Roberto Oscar Ferreiro, Ricardo Elbio Pavoni Cuneo - Rubén Marino Navarro, Juan Carlos Guzmán, David Acevedo, Raúl Enrico Bernao, Osvaldo Luis Mura, Mario Rodríguez, Raúl Armando Savoy, e Tomas Rolán. Treinador: Manuel Giúdice.

Golos: 1-0 (Peiró, aos 3m), 2-0 (Mazzola, aos 22m), 3-0 (Mazzola, aos 59m)

2ª mão

Independiente (Argentina) - Inter (Itália): 0-0

Data: 15 de setembro de 1965
Estádio: Lo Doble Visera, em Avellaneda (Argentina)
Árbitro: Arturo Yamasaki (Perú)

Independiente: Miguel Ángel Santoro, Rubén Marino Navarro, Ricardo Elvio Pavoni Acuña - Roberto Oscar Ferreiro, Tomás Rolan Barrios, Juan Carlos Guzmán, Raúl Emilio Bernao, Osvaldo Luis Mura, Roque Alberto Avallay, Miguel Ángel Mori, e Raúl Armando Savoy. Treinador: Manuel Giúdice.

Inter: Giuliano Sarti, Tarcisio Burgnich, Giacinto Facchetti, Gianfranco Bedin, Aristide Guarnieri, Armando Picchi, Jair Da Costa, Alessandro Mazzola, Joaquín Peiró, Luis Suárez, e Mario Corso. Treinador: Helenio Herrera.
Os mestres do catenaccio - o Inter - sofreram a bom sofrer no encontro da segunda mão, realizado
em solo argentino,  já que o técnico do Independiente montou uma equipa verdadeiramente
ofensiva na tentativa de levar a decisão para um terceiro jogo.
Não teve êxito, pois a taça voltou de novo para Itália.
Vídeo: INTER - INDEPENDIENTE
video

Nenhum comentário: