quarta-feira, dezembro 22, 2010

Memórias lusitanas (34)...

Campeonato Nacional da 1ª Divisão, Época 1967/68

CAMPEÃO NACIONAL: SPORT LISBOA E BENFICA

CLASSIFICAÇÃO GERAL:


CLUBES-JOGOS-VITÓRIAS-EMPATES-DERROTAS-GM-GS-PONTOS

1º Benfica------26---18---5---3---75---19---41

2º Sporting--------26---17---3---6---48---24---37

3º FC Porto--------26---16---4---6---60---24---36

4º Académica------26---15---5---6---53---24---35

5º V. Setúbal------26---14---6---6---43---20---34

6º V. Guimarães---26---12---3---11---31---34---27

7º Belenenses------26---10---5---11---38---40---25

8º Leixões-----------26---10---4---12---29---39---24

9º Braga--------------26---10---4---12---29---48---21

10º Sanjoanense---26---7---7---12---22---40---21

11º CUF---------------26---7---7---12---28---37---21

12º Varzim------------26---7---3---16---27---50---17

13º Tirsense----------26---5---5---16---17---53---15

14º Barreirense-------26---3---4---19---24---72---10

OS RESULTADOS DO CAMPEÃO:

SPORTING: 1-0 / 1-3

FC PORTO: 3-2 / 1-1

ACADÉMICA: 3-1 / 1-1

V. SETÚBAL: 2-1 / 0-2

V. GUIMARÃES: 2-1 / 4-0

BELENENSES: 7-0 / 0-0

LEIXÕES: 6-0 / 2-0

BRAGA: 3-0 / 1-0

SANJOANENSE: 6-0 / 4-1

CUF: 3-1 / 0-2

VARZIM: 8-0 / 1-1

TIRSENSE: 5-0 / 0-0

BARREIRENSE: 8-2 / 3-0

OS NOMES DOS CAMPEÕES NACIONAIS:

José Augusto, José Henrique, Cruz, Eusébio, Jaime Graça, Coluna, Jacinto, Humberto Fernandes, Simões, Machado, José Torres, Adolfo, Cavém, Nélson, Vieira, Yaúca, Ferreira Pinto, Calado, Severino, e Camolas. Treinador: Otto Glória.

Mais uma temporada coroada de êxito para as cores do Sport Lisboa e Benfica, e assim o foi pelo menos a nível de Campeonato Nacional, pois a conquista da Europa foi perdida em cima da meta... em Londres, diante do Manchester United, na final da Taça dos Campeões Europeus 

CAMPEÃO NACIONAL DA 2ª DIVISÃO: ATLÉTICO CLUBE DE PORTUGAL
O grupo do Atlético que em 1968 contabilizou o terceiro título de campeão nacional da 2ª Divisão

 CAMPEÃO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO: SEIXAL
 Foi em Leiria que o Seixal conquistou em 1968 o seu segundo título de campeão nacional do terceiro escalão

Taça de Portugal, Época 1967/68

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Académica - Torres Novas: 4-0 / 6-2

Almada - Ac. Viseu: 3-1 / 2-5

Atlético - Sanjoanense: 1-0 / 0-2

Montijo - Benfica: 1-4 / 0-9

União Lamas - Penafiel: 2-3 / 2-1 / 0-1 (desempate)

Famalicão - Braga: 1-3 / 1-5

FC Porto - Beira-Mar: 2-1 / 2-0

Vizela - Tirsense: 1-2 / 1-1

CUF - Sporting: 1-1 / 1-3

Peniche - Sp. Covilhã: 1-2 / 0-1

Sesimbra - Barreirense: 1-3 / 1-3

Leça - Alhandra: 1-0 / 3-1

Leixões - União Tomar: 7-0 / 2-4

L. Évora - Gouveia: 2-2 / 1-2

Oriental - Cova da Piedade: 2-4 / 0-1

Portimonense - Belenenses: 0-4 / 1-4

Torreense - Luso: 3-1 / 0-1

Tramagal - Sintrense: 1-2 / 2-2

Varzim - Espinho: 2-2 / 1-1 / 3-1

V. Setúbal - Salgueiros: 5-0 / 1-1

V. Guimarães - Olhanense: 9-1 / 3-0

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Ac. Viseu - V. Guimarães: 0-1 / 1-3

Belenenses - Sintrense: 3-0 / 2-1

Barreirense - Cova da Piedade: 1-0 / 0-0

Penafiel - Sanjoanense: 1-2 / 0-1

Tirsense - Académica: 3-1 / 0-5

Leixões - Torreense: 2-0 / 1-1

Braga - Leça: 0-0 / 2-1

Sp. Covilhã - Gouveia: 4-0 / 3-3

Varzim - FC Porto: 0-4 / 1-5

V. Setúbal - Sporting: 1-1 / 2-2 / 1-0

Oitavos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Belenenses - Braga: 2-1 / 2-0

FC Porto - Sp. Covilhã: 4-0 / 5-1

Lusitânia - Marítimo: 1-1 / 0-3

Benfica - Sanjoanense: 2-1 / 2-1

V. Setúbal - Académica: 2-0 / 1-0

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Marítimo - Leixões: 1-0 / 1-1

FC Porto - Belenenses: 3-1 / 0-0

Benfica - Barreirense: 2-2 / 3-1

V. Setúbal - V. Guimarães: 0-1 / 3-1

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Marítimo - V. Setúbal: 0-0 / 0-6

FC Porto - Benfica: 2-2 / 3-0

Final

FC Porto - V. Setúbal: 2-1


Data: 16 de Junho de 1968

Estádio: Estádio Nacional, em Lisboa

FC Porto: Américo, Bernardo da Velha, Valdemar, Rolando, Atraca, Pavão, Custódio Pinto, Jaime, Djalma, Eduardo Gomes, e Nóbrega. Treinador: José Maria Pedroto

V. Setúbal: Dinis Vital, Joaquim Conceição, Cardoso, Herculano Santos, Carriço, Tomé, Pedras, Félix Guerreiro, José Maria, Petita, e Jacinto João. Treinador: Fernando Vaz

Marcadores: Valdemar, Nóbrega; Pedras

A "mão mágica" do mestre Pedroto começava a dar os primeiros sinais de vida em 1968, ano em que os "dragões" sairam da toca (já não ganhavam uma prova nacional desde 58/59) e venceram a Taça de Portugal.

Vídeo: FC PORTO - V. SETÚBAL
video
 

Nenhum comentário: