sábado, dezembro 11, 2010

Eurotaças em números (17)...

TAÇA DOS CAMPEÕES EUROPEUS

Época 1971/72

Pré-Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Valência (Espanha) - U. Luxembourg (Luxemburgo): 3-1/1-0

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Marselha (França) - Gornik (Polónia): 2-1/1-1

Ajax (Holanda) - Dynamo Dresden (Alemanha Oriental): 2-0/0-0

Reipas Lahti (Finlândia) - Grasshoppers (Suíça): 1-1/0-8

Stromsgodset (Noruega) - Arsenal (Inglaterra): 1-3/0-4

Dinamo Bucareste (Roménia) - Spartak Trnava (Checoslováquia): 0-0/2-2 (Dinamo vence por golos fora)

Feyenoord (Holanda) - Olympiakos Nicosia (Chipre): 8-0/9-0

Wacker (Áustria) - Benfica (Portugal): 0-4/1-3 (golos lusos: Artur Jorge (2), Jaime Graça, e Eusébio/Adoldo, Artur Jorge, e Simões)

CSKA (Bulgária) - Partizani Tirana (Albânia): 3-0/1-0

Ujpest (Hungria) - Malmo (Suécia): 4-0/0-1

Boldklubben (Dinamarca) - Celtic (Escócia): 2-1/0-3

Valência (Espanha) - Hajduk Split (Jugoslávia): 0-0/1-1 (Valência vence por golos fora)

IA (Islândia) - Sliema Wanderers (Malta): 0-4/0-0

Inter (Itália) - AEK Atenas (Grécia): 4-1/2-3

Cork Hibernians (Rep.Irlanda) - Borussia Monchengladbach (Alemanha Ocidental): 0-5/1-2

Galatasaray (Turquia) - CSKA Moscovo (União Soviética): 1-1/0-3

Standard Liège (Bélgica) - Linfield (Irlanda do Norte): 2-0/3-2

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Marselha (França) - Ajax (Holanda): 1-2/1-4

Grasshoppers (Suíça) - Arsenal (Inglaterra): 0-2/0-3

Dinamo Bucareste (Roménia) - Feyenoord (Holanda): 0-3/0-2

Benfica (Portugal) - CSKA (Bulgária): 2-1/0-0 (golos lusos: Rui Rodrigues, Artur Jorge)

Valência (Espanha) - Ujpest (Hungria): 0-1/1-2

Celtic (Escócia) - Sliema Wanderers (Malta): 5-0/2-1

Inter (Itália) - Borussia Monchengladbach (Alemanha Ocidental): 4-2/0-0

CSKA Moscovo (União Soviética) - Standard Liège (Bélgica): 1-0/0-2

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: ARSENAL - AJAX
video
Ajax (Holanda) - Arsenal (Inglaterra): 2-1/1-0

Feyenoord (Holanda) - Benfica (Portugal): 1-0/1-5 (golos lusos: Nené (3), Jordão (2))

Ujpest (Hungria) - Celtic (Escócia): 1-2/1-1

Inter (Itália) - Standard Liège (Bélgica): 1-0/1-2 (Inter vence por golos fora)

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Ajax (Holanda) - Benfica (Portugal): 1-0/0-0

Inter (Itália) - Celtic (Escócia): 0-0/0-0 (Inter vence nas grandes penalidades)

Final

Ajax (Holanda) - Inter (Itália): 2-0


Data: 31 de Maio de 1972

Estádio: Feyenoord Stadium, em Roterdão (Holanda)

Árbitro: Robert Helles (França)

Ajax: Stuy, Suurbier, Hulshoff, Blankeburg, Krol, Neeskens, Haan, Muhren, Swart, Cruyff, e Keizer. Treinador: Stefan Kovacs

Inter: Bordon, Burgnich, Facchetti, Bellugi, Oriali, Giubertoni (Bertini, aos 20m), Bedin, Frustalupi, Jair (Pellizzaro, aos 58m), Mazzola, e Boninsegna. Treinador: Giovanni Invernizzi

Golos: 1-0 (Cruyff, aos 47m), 2-0 (Cruyff, aos 78m)

Depois do Real Madrid, Benfica, e do Inter o Ajax de Amesterdão tornava-se em 1972 na quarta equipa do "Velho Continente" a conseguir vencer duas edições consecutivas da Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Vídeo: AJAX - INTER

video

Melhores marcadores: Antal Dunai (Ujpest), Luigi Macari (Celtic), e Sylvestre Takac (Standard Liège): 5 golos

TAÇA DAS TAÇAS

Época 1971/72

Pré-Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


BK 1909 (Dinamarca) - Áustria Viena (Áustria): 4-2/0-2 (Áustria vence por golos fora)

Hibernians (Malta) - Fram (Islândia): 3-0/0-2

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Distillery (Irlanda do Norte) - Barcelona (Espanha): 1-3/0-4

Hibernians (Malta) - Steaua (Roménia): 0-0/0-1

Servette (Suíça) - Liverpool (Inglaterra): 2-1/0-2

Skoda Plzen (Checoslováquia) - Bayern (Alemanha Ocidental): 0-1/1-6

Limerick (Rep.Irlanda) - Torino (Itália): 0-1/0-4

Dinamo Tirana (Âlbania) - Áustria Viena (Áustria): 1-1/0-1

Rennes (França) - Rangers (Escócia): 1-1/0-1

Sporting (Portugal) - Lyn (Noruega): 4-0/3-0 (golos lusos: Lourenço (2); Yazalde, Marinho/Yazalde (2), Borrehang (p.b.))

Zaglebie (Polónia) - Atvidaberg (Suécia): 3-4/1-1

Jeunesse Hautcharage (Luxemburgo) - Chelsea (Inglaterra): 0-8/0-13

Beerschot (Bélgica) - Anorthosis Famagusta (Chipre): 7-0/1-0

Dynamo Berlim (Alemanha Oriental) - Cardiff City (País de Gales): 1-1/1-1 (Dynamo vence nos penalties)

Levski-Spartak (Bulgária) - Sparta (Holanda): 1-1/0-2

Komlói (Hungria) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 2-7/2-1

Mikkeli (Finlândia) - Eskisehirspor (Turquia): 0-0/0-4

Olympiakos (Grécia) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 0-2/2-1

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Barcelona (Espanha) - Steaua (Roménia): 0-1/1-2

Liverpool (Inglaterra) - Bayern (Alemanha Ocidental): 0-0/1-3

Torino (Itália) - Áustria Viena (Áustria): 1-0/0-0

Rangers (Escócia) - Sporting (Portugal): 3-2/3-4 (Rangers vence por golos fora) (golos lusos: Chico Faria, Pedro Gomes/Yazalde, Tomé, Pedro Gomes, Peres)

Atvidaberg (Suécia) - Chelsea (Inglaterra): 0-0/1-1 (Atvidaberg vence por golos fora)

Beerschot (Bélgica) - Dynamo Berlim (Alemanha Oriental): 1-3/1-3

Sparta (Holanda) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 1-1/1-2

Eskisehirspor (Turquia) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 0-1/0-1

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Steaua (Roménia) - Bayern (Alemanha Ocidental): 1-1/0-0 (Bayern vence por golos fora)

Torino (Itália) - Rangers (Escócia): 1-1/0-1

Atvidaberg (Suécia) - Dynamo Berlim (Alemanha Oriental): 0-2/2-2

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 1-2/1-1

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Bayern (Alemanha Ocidental) - Rangers (Escócia): 1-1/0-2

Dynamo Berlim (Alemanha Oriental) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 1-1/1-1 (D.Moscovo vence nos penalties)

Final

Rangers (Escócia) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 3-2


Data: 24 de Maio de 1972

Estádio: Camp Nou, em Barcelona (Espanha)

Árbitro: José Maria Ortiz de Mendebil (Espanha)

Rangers: McCloy; Jardine, Johnstone, Smith, Mathieson; Greig, Conn, MacDonald, McLean, Stein, Johnston. Treinador: William Waddell

Dinamo Moscovo: Pilgui; Basalayev, Dolmatov, Zykov, Dolbonosov (Gershkovich, aos 69m); Zhukov, Baydachny. Yakubik (Eshtrekov, aos 56m), Sabo; Makhovikov, Yevryuzhikhin. Treinador: Konstantin Beskov

Golos: 1-0 (Stein, aos 23m), 2-0 (Johnston, aos 40m), 3-0 (Johnston, aos 49m), 3-1 (Eshtrekov, aos 60m), 3-2 (Mokhovikov, aos 87m)

Foi na Cidade Condal (Barcelona) que o Glasgow Rangers alcançou o seu maior feito na Europa futebolística... cinco anos depois do seu grande rival Celtic ter vencido em Lisboa a prova rainha da UEFA. Como os protestantes não quiseram ficar atrás dos católicos levaram para Glasgow em 72 a TVT.

Vídeo: RANGERS - DINAMO MOSCOVO

video

Melhor marcador:Peter Osgood (Chelsea):

TAÇA UEFA

Época 1971/72


1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Hertha Berlim (Alemanha Ocidental) - Elfsborg (Suécia): 3-1/4-1

Dundee (Escócia) - AB (Dinamarca): 4-2/1-0

Rosenborg (Noruega) - HIFK (Finlândia): 3-0/1-0

Vasas (Hungria) - Shelbourne (Rep.Irlanda): 1-0/1-1

Glentoran (Irlanda do Norte) - Eintracht Braunschweig (Alemanha Ocidental): 0-1/1-6

IBK Keflavik (Islândia) - Tottenham (Inglaterra): 1-6/0-9

Celta Vigo (Espanha) - Aberdeen (Escócia): 0-2/0-1

Den Haag (Holanda) - Aris Bonnevoie (Luxemburgo): 5-0/2-2

Wolverhampton (Inglaterra) - Académica (Portugal): 3-0/4-1 (golo luso: Manuel António)

Saint-Étienne (França) - Colónia (Alemanha Ocidental): 1-1/1-2

Lugano (Suíça) - Légia (Polónia): 1-3/0-0

FC Porto (Portugal) - Nantes (França): 0-2/1-1 (golo luso: De Michele (p.b.))

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - St. Johnstone (Escócia): 2-1/0-3

Southampton (Inglaterra) - Athletic Bilbao (Espanha): 2-1/0-2

Bolonha (Itália) - Anderlecht (Bélgica): 1-1/2-0

Nápoles (Itália) - Rapid Bucareste (Roménia): 1-0/0-2

Vitória Setúbal (Portugal) - Nimes (França): 1-0/1-2 (Vitória vence por golos fora) (golos lusos: José Torres/José Torres)

Atlético Madrid (Espanha) - Panionios (Grécia): 2-1/0-1 (Panionios vence por golos fora)

Carl Zeiss Jena (Alemanha Oriental) - Lokomotiv Sofia (Bulgária): 3-0/1-3

Basileia (Suíça) - Real Madrid (Espanha): 1-2/1-2

Marsa (Malta) - Juventus (Itália): 0-6/0-5

Dinamo Zagreb (Jugoslávia) - Botev Vratsa (Bulgária): 6-1/2-1

Arad (Roménia) - Salzburg (Áustria): 4-1/1-3

Fenerbahce (Turquia) - Ferencvaros (Hungria): 1-1/1-3

Milan (Itália) - Digenis Akritas (Chipre): 4-0/3-0

Spartak Moscovo (União Soviética) - Kosice (Checoslováquia): 2-0/1-2

OFK Belgrado (Jugoslávia) - Djurgardens (Suécia): 4-1/2-2

Zeljeznicar (Jugoslávia) - Club Brugge (Bélgica): 3-0/1-3

PSV (Holanda) - Hallescher (Alemanha Oriental): 0-0 (PSV vence por desistência do adversário)
Zaglebie Walbrzych (Polónia) - Union Teplice (Checoslováquia): 1-0/3-2

Lierse (Bélgica) - Leeds Utd. (Inglaterra): 0-2/4-0

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Rosenborg (Noruega) - Lierse (Bélgica): 4-1/0-3 (Lierse vence por golos fora)

Rapid Bucareste (Roménia) - Légia (Polónia): 4-0/0-2

Colónia (Alemanha Ocidental) - Dundee (Escócia): 2-1/2-4

Den Haag (Holanda) - Wolverhampton (Inglaterra): 1-3/0-4

Zeljeznicar (Jugoslávia) - Bolonha (Itália): 1-1/2-2 (Zeljeznicar vence por golos fora)

Nantes (França) - Tottenham (Inglaterra): 0-0/0-1

Eintracht Braunschweig (Alemanha Ocidental) - Athletic Bilbao (Espanha): 2-1/2-2

St. Johnstone (Escócia) - Vasas (Hungria): 2-0/0-1

Spartak Moscovo (União Soviética) - Vitória Setúbal (Portugal): 0-0/0-4 (golos lusos: José Torres (2), Octávio, Jacinto João)

Milan (Itália) - Hertha Berlim (Alemanha Ocidental): 4-2/1-2

OFK Belgrado (Jugoslávia) - Carl Zeiss Jena (Alemanha Oriental): 1-1/0-4

Zaglebie Walbrzych (Polónia) - Arad (Roménia): 1-1/1-2

Dinamo Zagreb (Jugoslávia) - Rapid Viena (Áustria): 2-2/0-0 (Rapid vence por golos fora)

Real Madrid (Espanha) - PSV (Holanda): 3-1/0-2 (PSV vence por golos fora)

Juventus (Itália) - Aberdeen (Escócia): 2-0/1-1

3ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Milan (Itália) - Dundee (Escócia): 3-0/0-2

Carl Zeiss Jena (Alemanha Oriental) - Wolverhampton (Inglaterra): 0-1/0-3

Eintracht Braunschweig (Alemanha Ocidental) - Ferencvaros (Hungria): 1-1/2-5

PSV (Holanda) - Lierse (Bélgica): 1-0/0-4

Rapid Viena (Áustria) - Juventus (Itália): 0-1/1-4

St. Johnstone (Escócia) - Zeljeznicar (Jugoslávia): 1-0/1-5

Tottenham (Inglaterra) - Rapid Bucareste (Roménia): 3-0/2-0

Arad (Roménia) - Vitória Setúbal (Portugal): 3-0/0-1 (golo luso: José Maria)

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Milan (Itália) - Lierse (Bélgica): 2-0/1-1

Arad (Roménia) - Tottenham (Inglaterra): 0-2/1-1

Ferencvaros (Hungria) - Zeljeznicar (Jugoslávia): 1-2/2-1 (Ferencvaros vence nos penalties)

Juventus (Itália) - Wolverhampton (Inglaterra): 1-1/1-2

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: TOTTENHAM - MILAN
                                          video
Tottenham (Inglaterra) - Milan (Itália): 2-1/1-1

Vídeo: WOLVERHAMPTON - FERENCVAROS
video
Ferencvaros (Hungria) - Wolverhampton (Inglaterra): 2-2/1-2

Final (1ª mão)

Wolverhampton (Inglaterra) - Tottenham (Inglaterra): 1-2


Data: 3 de Maio de 1972

Estádio: Molineux, em Wolverhampton (Inglaterra)

Árbitro: Tofik Bakhramov (União Soviética)

Wolverhampton: Parkes; Shaw, Taylor, Hegan, Munro, McAlle, McCalliog, Hibbitt, Richards, Dougan, Wagstaffe. Treinador: Bill McGrarry

Tottenham: Jennings; Kinnear, Knowles, Mullery, England, Beal, Gilzean, Perryman, Chivers, Peters, Coates (Pratt, aos 68m). Treinador: Bill Nicholson

Golos: 0-1 (Chivers, aos 57m), 1-1 (McCalliog, aos 72m), 1-2 (Chivers, aos 87m)

Final (2ª mão)

Tottenham (Inglaterra) - Wolverhampton (Inglaterra): 1-1


Data: 17 de Maio de 1972

Estádio: White Hart Lane, em Londres (Inglaterra)

Árbitro: Laurens van Ravens (Holanda)

Tottenham: Jennings; Kinnear, Knowles, Mullery, England, Beal, Gilzean, Perryman, Chivers, Peters, Coates. Treinador: Bill Nicholson

Wolverhampton: Parkes; Shaw, Taylor, Hegan, Munro, McAlle, McCalliog, Hibbitt (Bailey, aos 55m),Richards, Dougan (Curran, 84m), Wagstaffe. Treinador: Bill McGarry

Golos: 1-0 (Mullery, aos 30m), 1-1 (Wagstaffe, aos 41m)

1972 assistiu ao nascimento de duas novas competições europeias, a Taça UEFA e a Supertaça Europeia. A primeira sucedia à Taça das Cidades com Feira, tendo sido estreada (no que concerne a títulos) pelo ilustre Tottenham Hotspur.

Vídeos: WOLVERHAMPTON - TOTTENHAM / TOTTENHAM - WOLVERHAMPTON

video

Melhor marcador:Derek Dougan (Wolverhampton): 9 golos

SUPERTAÇA EUROPEIA (1ª mão)

Rangers (Escócia) - Ajax (Holanda): 1-3

Data: 16 de Janeiro de 1973

Estádio: Ibrox Stadium, em Glasgow (Escócia)

Rangers: McCloy; Jardine, Mathieson; Greig, Johnstone, Smith; Conn (McLean), Forsyth, Parlane, MacDonald, Young. Treinador: Jock Wallace

Ajax: Stuy; Suurbier, Hulshoff; Blankenburg, Krol, G.Mühren; Haan, A.Mühren, Rep, Cruyff, Keizer. Treinador: Stefan Kovacs

Golos: 0-1 (Rep, aos 34m), 1-1 (McDonald, aos 41m), 1-2 (Cruyff, aos 45m), 1-3 (Haan, aos 76m)

2ª mão

Ajax (Holanda) - Rangers (Escócia): 3-2

Data: 24 de Janeiro de 1973

Estádio: De Meer, em Amesterdão (Holanda)

Ajax: Stuy; Suurbier, Hulshoff; Blankenburg, Krol, Haan; Neeskens, G.Mühren, Swart, Cruijff, Keizer. Treinador: Stefan Kovacs

Rangers: McCloy; Jardine, Mathieson; Greig, Johnstone, Smith; McLean, Forsyth, Parlane, MacDonald, Young. Treinador: Jock Wallace

Golos: 0-1 (McDonald, aos 2m), 1-1 (Haan, aos 12m), 1-2 (Young, aos 35m), 2-2 (Muhren, aos 37m), 3-2 (Cruyff, aos 73m)Disputada entre os campeões da TCE e da TVT a Supertaça Europeia via a luz do dia no início do ano de 1973, sendo alusiva à temporada de 1971/72, tendo como primeiro vencedor o Ajax de Amesterdão.

Nenhum comentário: