quarta-feira, dezembro 22, 2010

Memórias lusitanas (29)...

Campeonato Nacional da 1ª Divisão, Época 1962/63

CAMPEÃO NACIONAL: SPORT LISBOA E BENFICA

CLASSIFICAÇÃO GERAL:


CLUBES-JOGOS-VITÓRIAS-EMPATES-DERROTAS-GM-GS-PONTOS

1º Benfica------26---23---2---1---81---25---48

2º FC Porto--------26---19---4---3---61---24---42

3º Sporting---------26---18---2---6---71---31---38

4º Belenenses------26---16---4---6---47---30---36

5º Leixões-----------26---10---10---6---34---33---30

6º V. Guimarães---26---12---3---11---47---43---27

7º L. Évora----------26---9---5---12---33---41---23

8º Olhanense-------26---7---7---12---29---38---21

9º V. Setúbal-------26---6---8---12---33---39---20

10º Académica-----26---8---3---15---49---50---19

11º Barreirense-----26---5---8---13---20---56---18

12º CUF---------------26---6---6---14---37---40---18

13º Atlético----------26---8---1---17---33---65---17

14º Feirense---------26---3---1---22---21---81---7

OS RESULTADOS DO CAMPEÃO:

FC PORTO: 1-2 / 2-1

SPORTING: 4-3 / 3-1

BELENENSES: 1-0 / 4-1

LEIXÕES: 2-0 / 0-0

V. GUIMARÃES: 6-2 / 4-3

L. ÉVORA: 2-1 / 3-1

OLHANENSE: 1-1 / 1-0

V. SETÚBAL: 3-2 / 3-0

ACADÉMICA: 5-1 / 2-0

BARREIRENSE: 8-1 / 3-1

CUF: 3-1 / 3-2

ATLÉTICO: 2-0 / 3-0

FEIRENSE: 6-0 / 6-1

OS NOMES DOS CAMPEÕES NACIONAIS:

Coluna, Eusébio, José Augusto, Costa Pereira, Simões, Machado, Cruz, Cavém, Humberto Fernandes, Santana, Torres, Ângelo, José Águas, Jacinto, Augusto Silva, Pedras, Saraiva, Germano, e Maximiano. Treinador: Fernando Riera

Já com Eusébio na condição de sua máxima estrela o Benfica venceu de forma folgada o Nacional de 62/63

CAMPEÃO NACIONAL DA 2ª DIVISÃO: VARZIM

 Berço de grandes futebolistas ao longo da história a cidade costeira da Póvoa do Varzim rejubilou de alegria com mais uma inolvidável conquista do seu estimado Varzim Sport Clube. Depois de no ano anterior ter arrecadado o escudo de campeão da 3ª Divisão os poveiros conquistavam agora o do segundo escalão. Viviam-se tempos de boa pescaria nos mares da Póvoa...

 CAMPEÃO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO: OS LEÕES (AÇORES)
O título nacional da 3ª Divisão de 1963 atravessou o (oceano) Atlântico rumo aos Açores, mais precisamente até à Ilha Terceira, pelo cunho do Sporting Clube "Os Leões", uma das muitas filiais nacionais do Sporting Clube de Portugal

Taça de Portugal, Época 1962/63

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Marinhense - Silves: 4-1 / 1-1

Académica - Ac. Viseu: 10-1 / 2-1

Alhandra - Salgueiros: 0-4 / 4-0 / 4-1 (desempate)

Atlético - Barreirense: 2-0 / 1-2

Benfica Castelo Branco - Sanjoanense: 2-1 / 2-2

Cova da Piedade - Torreense: 3-2 / 1-1

Feirense - Boavista: 0-1 / 2-1 / 2-1

Belenenses - Montijo: 4-2 / 6-0

FC Porto - V. Setúbal: 0-2 / 3-1 / 4-1 (desempate)

CUF - Espinho: 1-1 / 4-1

Leixões - Braga: 5-2 / 1-1

L. Évora - Portalegrense: 10-0 / 1-1

Portimonense - Leça: 7-0 / 0-1

Beira-Mar - Farense: 4-2 / 1-0

Olhanense - Peniche: 3-0 / 3-1

Seixal - Lusitano VRSA: 4-2 / 4-1

Sacavenense - Vianense: 1-1 / 1-1 / 4-3 (desempate)

Benfica - CD Luso: 7-0 / 12-0

Sporting - Oliveirense: 4-1 / 4-0

Varzim - Oriental: 4-2 / 8-0

V. Guimarães - Sp. Covilhã: 3-1 / 2-0

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Marinhense - Varzim: 2-1 / 2-2

Académica - Sacavenense: 1-0 / 2-3 / 4-1 (desempate)

Alhandra - Benfica Castelo Branco: 3-1 / 1-2

Atlético - Portimonense: 0-2 / 4-0

Belenenses - Olhanense: 0-0 / 4-1

FC Porto - Feirense: 6-0 / 9-0

Leixões - CUF: 3-1 / 5-1

Seixal - Beira-Mar: 3-0 / 1-1

Benfica - L. Évora: 3-1 / 2-1

Sporting - Cova da Piedade: 9-0 / 2-1

Oitavos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Marinhense - Alhandra: 3-0 / 5-4

Belenenses - Seixal: 2-1 / 5-0

FC Porto - Leixões: 1-0 / 2-0

Sporting - Atlético: 10-0 / 2-0

V. Guimarães - Académica: 1-2 / 3-1

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Belenenses - FC Porto: 1-1 / 3-0

Benfica - Marinhense: 3-1 / 5-0

Sporting - SC Lourenço Marques: 3-1 / 4-2

V. Guimarães - União da Madeira: 1-2 / 5-0

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Sporting - Benfica: 0-1 / 2-0

V. Guimarães - Belenenses: 0-2 / 3-1 / 3-1 (desempate)

Final

Sporting - V. Guimarães: 4-0


Data: 30 de Junho de 1963

Estádio: Estádio Nacional, em Lisboa

Árbitro: Clemente Rodrigues, do Porto

Sporting: Carvalho, Pedro Gomes, Hilário, Pérides, Lúcio, David Júlio, Figueiredo, Osvaldo Silva, Mascarenhas, Geo, e Morais. Treinador: Juca

V. Guimarães: Mário Roldão, Caiçara, Daniel Barreto, João da Costa, Manuel Pinto, Vírgilio Gomes, Paulino, Peres, Lua, António Mendes, e Armando Silva. Treinador: José Valle

Marcadores: Figueiredo (2), Lúcio, e Mascarenhas

O triunfo na Taça de 62/63 deu ao Sporting o "passaporte" para aquela que seria a sua maior aventura europeia de todos os tempos, a qual aconteceria na temporada seguinte, altura em que os "leões" conquistariam de forma brilhante o seu único troféu internacional: a Taça da Taças

video
                                         Vídeo: SPORTING - V. GUIMARÃES

Nenhum comentário: