quarta-feira, dezembro 22, 2010

Memórias lusitanas (25)...

Campeonato Nacional da 1ª Divisão, Época 1958/59

CAMPEÃO NACIONAL: FUTEBOL CLUBE DO PORTO

CLASSIFICAÇÃO GERAL:


CLUBES-JOGOS-VITÓRIAS-EMPATES-DERROTAS-GM-GS-PONTOS

1º FC Porto----26---17---7---2---81---22---41

2º Benfica---------26---17---7---2---78---20---41

3º Belenenses----26---16---6---4---65---27---38

4º Sporting--------26---12---7---7---50---28---31

5º V. Guimarães---26---13---3---10---59---55---29

6º V. Setúbal-------26---11---5---10---53---64---27

7º Braga-------------26---9---6---11---48---51---24

8º Sp. Covilhã------26---9---4---13---43---65---22

9º L. Évora----------26---8---5---13---40---49---21

10º Académica-----26---8---5---13---45---46---21

11º CUF--------------26---8---5---13---34---55---21

12º Barreirense-----26---7---3---16---39---62---17

13º Caldas------------26---5---6---15---33---76---16

14º Torreense-------26---5---5---16---23---71---15

OS RESULTADOS DO CAMPEÃO:

BENFICA: 0-0 / 1-1

BELENENSES: 7-0 / 0-1

SPORTING: 1-0 / 2-2

V. GUIMARÃES: 6-1 / 6-0

V. SETÚBAL: 3-3 / 3-3

BRAGA: 3-2 / 2-1

SP. COVILHÃ: 5-2 / 4-0

L. ÉVORA. 2-0 / 2-1

ACADÉMICA: 1-1 / 1-0

CUF: 3-0 / 0-1

BARREIRENSE: 7-0 / 2-1

CALDAS: 10-0 / 2-2

TORREENSE: 5-0 / 3-0

OS NOMES DOS CAMPEÕES NACIONAIS:

Acúrsio, Adérito, Américo, Barbosa, Carlos Duarte, Gastão, Hernâni, Luís Roberto, Miguel Arcanjo, Monteiro da Costa, Morais, Noé, Osvaldo Silva, Pedroto, Perdigão, Pinho, Ângelo Sarmento, António Sarmento, Teixeira, e Virgílio. Treinador: Bela Guttmann

Os "Dragões" com as faixas de campeões nacionais alusivas à temporada 58/59. Depois disto seguiu-se uma longa travessia no deserto de... 19 anos sem voltar a celebrar o título nacional! 

  Clássicos do Futebol Português
(Jogos entre os Três Grandes - FC Porto, Benfica, e Sporting - no Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1958/59)
 Hernâni, a grande estrela do FC Porto campeão nacional 58/59. Dos seus pés nasceu o único golo com que os portistas abateram o campeão nacional em título, o Sporting.
3ª Jornada

FC Porto - Sporting: 1-0
Data: 28 de setembro de 1958
Estádio das Antas (Porto)
Árbitro: Manuel Lousada (Santarém)

FC Porto: Pinho, Virgílio, Miguel Arcanjo, Barbosa, Luís Roberto, Monteiro da Costa, Carlos Duarte, Gastão, Osvaldo Silva, Hernâni, e Teixeira I. Treinador: Otto Bumbel

Sporting: Octávio de Sá, Caldeira, Galaz, Pacheco, Mendes, Osvaldinho, Hugo I, Ivson, Martins, Diego, e João Morais. Treinador: Enrique Fernández

Golo: 1-0 (Hernâni, aos 90)
Equipa do Benfica aquando da entrada no relvado do Estádio das Antas para defrontar o futuro campeão nacional, o FC Porto

9ª Jornada

FC Porto - Benfica: 0-0
Data: 10 de novembro de 1958
Estádio das Antas (Porto)
Árbitro: Reinaldo Silva (Lisboa)

FC Porto: Pinho, Sarmento, Miguel Arcanjo, Barbosa, Pedroto, Monteiro da Costa, Carlos Duarte, Gastão, Osvaldo Silva, Hernâni, e Teixeira I. Treinador: Bela Guttmann

Benfica: Costa Pereira, Hilário, Artur Santos, Ângelo, Neto, Alfredo, Chino, Coluna, José Águas, Mendes, e Cavém. Treinador: Otto Glória

12ª Jornada

Benfica - Sporting: 4-0
Data: 14 de dezembro de 1958
Estádio da Luz (Lisboa)
Árbitro: Décio Freitas

Benfica: Costa Pereira, Serra, Artur Santos, Ângelo, Neto, Alfredo, Chino, Coluna, José Águas, Mendes, e Cavém. Treinador: Otto Glória

Sporting: Octávio de Sá, Caldeira, Galaz, Pacheco, Júlio, França, Hugo I, Mendes, Carballo, Travassos, e João Morais. Treinador: Enrique Fernández

Golos: 1-0 (Mendes, aos 16m), 2-0 (José Águas, aos 17m), 3-0 (Mendes, aos 40m), 4-0 (José Águas, aos 75m)

16ª Jornada

Sporting - FC Porto: 2-2
Data: 11 de janeiro de 1959
Estádio de Alvalade (Lisboa)
Árbitro: Manuel Lousada (Santarém)

Sporting: Octávio de Sá, Caldeira, Osvaldinho, Mendes, Hilário, Valente, Hugo I, Diego, Vadinho, Travassos, e João Morais. Treinador: Enrique Fernández

FC Porto: Pinho, Virgílio, Miguel Arcanjo, Barbosa, Luís Roberto, Monteiro da Costa, Noé, Gastão, Perdigão, Hernâni, e Teixeira I. Treinador: Bela Guttmann

Golos: 1-0 (Hugo I, aos 15m), 1-1 (Gastão, aos 24m), 1-2 (Hernâni, aos 61m), 2-2 (Diego, aos 80m)
Chegar, ver, e vencer, eis a sina do treinador húngaro Bela Guttmann, que fez do FC Porto campeão nacional. Nas Antas apenas ficou uma temporada, saindo de seguida para o grande rival Benfica, onde haveria de conquistar a glória internacional. 

22ª Jornada

Benfica - FC Porto: 1-1
Data: 22 de fevereiro de 1959
Estádio da Luz (Lisboa)
Árbitro: Encarnação Salgado

Benfica: Costa Pereira, Serra, Artur Santos, Ângelo, Neto, Alfredo, Palmeiro, Coluna, José Águas, Salvador, e Cavém. Treinador: Otto Glória

FC Porto: Acúrsio, Virgílio, Miguel Arcanjo, Barbosa, Luís Roberto, Monteiro da Costa, Carlos Duarte, Noé, Osvaldo Silva, Hernâni, e Teixeira I. Treinador: Bela Guttmann

Golos: 0-1 (Teixeira I, aos 9m), 1-1 (Salvador, aos 34m)

25ª Jornada

Sporting - Benfica: 2-1
Data: 15 de março de 1959
Estádio de Alvalade (Lisboa)
Árbitro: Reinaldo Silva (Leiria)

Sporting: Octávio de Sá, Lino, Morato I, Mendes, Hilário, Júlio, Hugo I, Vasques, Carballo, Travassos, e João Morais. Treinador: Enrique Fernández

Benfica: Costa Pereira, Serra, Artur Santos, Ângelo, Neto, Alfredo, Palmeiro, Coluna, José Águas, Salvador, e Cavém. Treinador: Otto Glória

Golos: 1-0 (Hugo I, aos 13m), 1-1 (Cavém, aos 16m), 2-1 (Vasques, aos 53m)

Melhor marcador do Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época 1958/59:
 José Águas (Benfica): 26 golos 

Vídeos do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de 58/59*
video
TORREENSE - FC PORTO

Nota* Com a devida "vénia" aos detentores dos direitos dos mesmos

Campeonato Nacional da 2ª Divisão, Época 1958/59 

CAMPEÃO NACIONAL DA 2ª DIVISÃO: ATLÉTICO CLUBE DE PORTUGAL

CLASSIFICAÇÃO GERAL ZONA NORTE:

CLUBES-JOGOS-VITÓRIAS-EMPATES-DERROTAS-GM-GS-PONTOS

1- Leixões---26---18---5---3---55---22---41

2º Boavista---26---17---4---5---78---43---38

3º Salgueiros---26---13---3---10---56---37---29

4º Peniche---26---11---6---9---56---43---28

5º Chaves---26---12---4---10---46---40---28

6º Sp. Espinho---26---12---4---10---39---41---28

7º Oliveirense---26---11---4---11---48---48---26

8º Vila Real---26---10---5---11---37---42---25

9º Sanjoanense---26---9---7---10---36---41---25

10º Marinhense---26---10---3---13---49---41---23

11º Gil Vicente---26---9---5---12---35---52---23

12º Vianense---26---9---4---13---47---43---22

13º Tirsense---26---8---6---12---41---66---22

14º Portalegrense---26---2---2---22---20---84---6

CLASSIFICAÇÃO GERAL ZONA SUL:

CLUBES-JOGOS-VITÓRIAS-EMPATES-DERROTAS-GM-GS-PONTOS

1º Atlético---26---20---4---2---105---32---44

2º Olhanense---26---16---4---6---63---32---36

3º Farense---26---13---5---7---63---32---31

4º Portimonense---26---12---6---8---38---40---30

5º Montijo---26---12---5---9---46---40---29

6º Almada---26---11---5---10---45---39---27

7º Oriental---26---12---2---12---44---39---26

8º Estoril---26---10---5---11---41---47---25

9º Juv. Évora---26---9---7---10---31---41---41

10º Arroios---26---8---5---13---36---58---21

11º Serpa---26---8---3---15---47---78---19

12º Desp. Beja---26---7---4---15---33---74---18

13º Coruchense---26---6---5---15---49---59---17

14º Sacavenense---26---4---8---14---48---60---16

 Alcântara voltou a estar em festa no verão de 59, graças a mais um título conquistado pelo seu querido Atlético (que pelo facto de ter somado mais pontos que o vencedor da Zona Norte foi considerado campeão da 2ª Divisão)

CAMPEÃO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO: BEIRA-MAR


Taça de Portugal, Época 1958/59

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Caldas - Tirsense: 0-0 / 0-1

FC Porto - V. Setúbal: 7-1 / 2-3

Peniche - Belenenses: 1-1 / 0-4

Juv. Évora - V. Guimarães: 1-1 / 2-7

L. Évora - Oliveirense: 6-1 / 2-1

Oriental - Atlético: 2-2 / 0-5

Portimonense - Académica: 2-3 / 0-1

Braga - Montijo: 7-3 / 2-1

Sp. Covilhã - Benfica: 2-2 / 0-2

Vila Real - Almada: 3-1 / 2-0

Torreense - Chaves: 2-2 / 3-1

Sporting - Leixões: 3-0 / 1-2

Oitavos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Atlético - Belenenses: 0-4 / 2-4

Braga - V. Guimarães: 4-0 / 0-2

Vila Real - FC Porto: 0-1 / 1-6

Torreense - L. Évora: 1-2 / 1-1

Benfica - Tirsense: 4-0 / 3-0

Sporting - Académica: 1-3 / 3-0

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

FC Porto - Ferroviários Lourenço Marques: 9-0 / 7-0

L. Évora - Marítimo: 3-1 / 3-1

Braga - Sporting: 2-6 / 1-3

Benfica - Belenenses: 1-3 / 3-0

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

FC Porto - L. Évora: 3-0 / 7-1

Benfica - Sporting: 1-2 / 3-1

Final

Benfica - FC Porto: 1-0


Data: 19 de Julho de 1959

Estádio: Estádio Nacional, em Lisboa

Benfica: Bastos, Serra, Mário João, Neto, Artur Santos, Alfredo Abreu, Francisco Palmeiro, Coluna, José Águas, Santana, e Cavém. Treinador: José Valdivieso

FC Porto: Acúrsio, Virgílio, António Barbosa, Luís Roberto, Miguel Arcanjo, Monteiro da Costa, Carlos Duarte, Hernâni, Noé Castro, Teixeira, e Perdigão. Treinador: Bela Guttmann

Marcador: Cavém
O mesmo palco, os mesmos protagonistas da época anterior, mas... um resultado diferente. Desta feita a Taça ficou em Lisboa na posse das "águias"

Vídeo: BENFICA - FC PORTO
video

Clássicos do Futebol Português
(Jogos entre os Três Grandes - FC Porto, Benfica, e Sporting - na Taça de Portugal da época de 1958/59)

1ª mão das meias-finais

Sporting - Benfica: 2-1
Data: 8 de julho de 1959
Estádio de Alvalade (Lisboa)
Árbitro: Abel da Costa (Porto)

Sporting: Octávio de Sá, Lino, Morato I, Pérides, Hilário, Júlio, Hugo I, Faustino, Vadinho, Diego, e João Morais. Treinador: Enrique Fernández


Benfica: Bastos, Serra, Artur Santos, Cavém, Neto, Alfredo, Palmeiro, Coluna, José Águas, Mendes, e Santana. Treinador: Otto Glória

Golos: 1-0 (Faustino, aos 37m), 1-1 (Santana, aos 41m), 2-1 (Vadinho, aos 57m)
Santana, o molengão de Catumbela, como ficou conhecido, teve um papel preponderante na eliminação do Sporting na meia final da Taça de Portugal de 58/59.

2ª mão das meias-finais

Benfica - Sporting: 3-1
Data: 13 de julho de 1959
Estádio da Luz (Lisboa)
Árbitro: Clemente Henriques (Porto)

Benfica: Bastos, Serra, Artur Santos, Mário João, Neto, Alfredo, Palmeiro, Coluna, José Águas, Cavém, e Santana. Treinador: Otto Glória

Sporting: Octávio de Sá, Valente, Morato I, Pérides, Hilário, Júlio, Hugo I, Faustino, Vadinho, Diego, e Quim. Treinador: Enrique Fernández

Golos: 1-0 (Mário João, aos 34m), 2-0 (Cavém, aos 37m), 3-0 (Santana, aos 40m), 3-1 (Diego, aos 65m)

Nenhum comentário: