quarta-feira, dezembro 22, 2010

Memórias lusitanas (22)...

Campeonato Nacional da 1ª Divisão, Época 1955/56

CAMPEÃO NACIONAL: FUTEBOL CLUBE DO PORTO

CLASSIFICAÇÃO GERAL:


CLUBES-JOGOS-VITÓRIAS-EMPATES-DERROTAS-GM-GS-PONTOS

1º FC Porto----26---18---7---1---77---20---43

2º Benfica---------26---19---5---2---76---31---43

3º Belenenses----26---16---5---5---67---27---37

4º Sporting--------26---15---6---5---54---27---36

5º Sp. Covilhã-----26---11---7---8---52---44---29

6º Barreirense-----26---8---7---11---40---60---23

7º Torreense------26---7---8---11---32---42---22

8º L. Évora---------26---6---9---11---38---55---21

9º V. Setúbal------26---7---6---13---57---64---20

10º CUF-------------26---6---8---12---33---58---20

11º Caldas----------26---6---7---13---29---50---19

12º Atlético--------26---6---7---13---47---62---19

13º Académica----26---8---3---15---36---52---19

14º Braga-----------26---5---3---18---36---84---13

OS RESULTADOS DO CAMPEÃO:

BENFICA: 3-0 / 1-1

BELENENSES: 1-1 / 1-0

SPORTING: 3-1 / 0-1

SP. COVILHÃ: 5-1 / 2-2

BARREIRENSE: 10-1 / 4-1

TORRENSE: 2-0 / 0-0

L. ÉVORA: 4-1 / 3-0

V. SETÚBAL: 4-1 / 1-1

CUF: 3-1 / 4-0

CALDAS: 5-0 / 3-3

ATLÉTICO: 2-0 / 2-2

ACADÉMICA: 3-0 / 2-1

BRAGA: 4-0 / 5-1

OS NOMES DOS CAMPEÕES NACIONAIS:

Acúrsio, Carlos Duarte, Correia, Eleutério, Gastão, Gonçalves, Hernâni, Jaburu, José Maria, Miguel Arcanjo, Monteiro da Costa, Osvaldo Cambalacho, Pedroto, Perdigão, Pinho, Romeu, Sá Pereira, Sarmento, Teixeira, Valle, e Virgílio. Treinador: Dorival Yustrich
Depois de 14 longos e penosos anos na sombra dos seus rivais de Lisboa o "gigante" Futebol Clube do Porto voltava a receber a "coroa de rei" de Portugal

 Clássicos do Futebol Português
(Jogos entre os Três Grandes - FC Porto, Benfica, e Sporting - no Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época de 1955/56)




Francisco Calado viveu uma tarde de sonho no Estádio Nacional ao apontar os três golos com que o seu Benfica aniquilou o rival lisboeta.
6ª Jornada
Sporting - Benfica: 1-3
Data: 23 de outubro de 1955
Estádio Nacional (Lisboa)
Árbitro: Abel da Costa (Porto)
Sporting: Carlos Gomes, Caldeira, Galaz, Pacheco, Passos, Juca, Vasques, Travassos, Valter de Castro, Martins, e Albano. Treinador: Alejandro Scopelli
Benfica: Costa Pereira, Jacinto, Ângelo, Caiado, Artur Santos, Alfredo, Calado, Coluna, José Águas, Pegado, e Palmeiro. Treinador: Otto Glória
Golos: 0-1 (Calado, aos 18m), 1-1 (Valter de Castro, aos 24m), 1-2 (Calado, aos 56m), 1-3 (Calado, aos 87m)
Dorival Yustrich, cidadão brasileiro que estabeleceu uma relação de amor/ódio com a nação portista. Polémico quanto baste o "homão", como ficou conhecido pela sua imponente figura física, foi o principal responsável pelo fim do longo jejum de 14 anos em que o FC Porto andou arredado dos títulos nacionais.
8ª Jornada
FC Porto - Benfica: 3-0
Data: 6 de novembro de 1955
Estádio das Antas (Porto)
Árbitro: Amadeu Martins (Braga)
FC Porto: Pinho, Virgílio, Pedroto, Osvaldo Silva, Miguel Arcânjo, Monteiro da Costa, Gastão, Hernâni, Jaburú, Teixeira I, e Perdigão. Treinador: Dorival Yustrich
Benfica: Costa Pereira, Jacinto, Ângelo, Caiado, Artur Santos, Alfredo, Calado, Coluna, José Águas, Pegado, e Palmeiro. Treinador: Otto Glória
Golos: 1-0 (Gastão, ao 1m), 2-0 (Jaburú, aos 23m), 3-0 (Teixeira I, aos 77m)

 O poster com as caricaturas dos campeões nacionais de 1955/56.
12ª Jornada
FC Porto - Sporting: 3-1
Data: 1 de janeiro de 1956
Estádio das Antas (Porto)
Árbitro: Manuel Lousada (Santarém)
FC Porto: Acúrsio, Virgílio, Miguel Arcânjo, Osvaldo Silva, Pedroto, Monteiro da Costa, Carlos Duarte, Hernâni, Jaburú, Gastão, e José Maria. Treinador: Dorival Yustrich
Sporting: Carlos Gomes, Galileu, Galaz, Pacheco, Passos, Juca, Vasques, Rocha, Valter de Castro, Martins, e Joaquim Jorge. Treinador: Alejandro Scopelli
Golos: 1-0 (Carlos Duarte, aos 55m), 2-0 (Jaburú, aos 62m), 3-0 (Hernâni, aos 72m), 3-1 (Vasques, aos 79m)

19ª Jornada

Benfica - Sporting: 3-0
Data: 19 de fevereiro de 1956
Estádio da Luz (Lisboa)
Árbitro: Francisco Guerra (Porto)

Benfica: Costa Pereira, Calado, Ângelo, Caiado, Artur Santos, Alfredo, Garrido, Coluna, José Águas, Salvador, e Cavém. Treinador: Otto Glória
Sporting: Carlos Gomes, Galileu, Valter de Castro, Pacheco, Passos, Juca, Vasques, Rocha, Mokuna, Miltinho, e Quim. Treinador: Alejandro Scopelli
Golos: 1-0 (José Águas, aos 41m), 2-0 (Salvador, aos 63m), 3-0 (Salvador, aos ?m)
Jogadores portistas a festejar mais um golo, uma imagem repetida por diversas ocasiões ao longo de 1955/56, temporada esta que marcou o regresso dos azuis-e-brancos aos títulos nacionais... 14 anos depois!


21ª Jornada

Benfica - FC Porto: 1-1
Data: 4 de março de 1956
Estádio da Luz (Lisboa)
Árbitro: Evaristo Silva (Leiria)

Benfica: Costa Pereira, Jacinto, Ângelo, Calado, Artur Santos, Alfredo, Palmeiro, Coluna, José Águas, Salvador, e Garrido. Treinador: Otto Glória
FC Porto: Pinho, Virgílio, Miguel Arcânjo, Osvaldo Silva, Pedroto, Monteiro da Costa, Gastão, Hernâni, Jaburú, Teixeira I, e Perdigão. Treinador: Dorival Yustrich
Golos: 0-1 (Teixeira, aos 31m), 1-1 (José Águas, aos 76m)
Com 21 golos apontados, Jaburú foi o "abono de família" do FC Porto campeão em 55/56. Na imagem podemos ver o possante avançado brasileiro a saltar com o guradião leonino Carlos Gomes. 
  Vídeo*
video
BENFICA - FC PORTO

Nota* Com a devida "vénia" aos detentores dos direitos do mesmo

25ª Jornada

Sporting - FC Porto: 1-0
Data: 22 de abril de 1956
Estádio Nacional (Lisboa)
Árbitro: Fernando Valério (Setúbal)

Sporting: Carlos Gomes, Caldeira, Valter de Castro, Pacheco, Passos, Juca, Vasques, Rocha, Travassos, Miltinho, e Martins. Treinador: Alejandro Scopelli
FC Porto: Pinho, Virgílio, Miguel Arcânjo, Osvaldo Silva, Pedroto, Monteiro da Costa, Gastão, Hernâni, Jaburú, Teixeira I, e Perdigão. Treinador: Dorival Yustrich
Golo: 1-0 (Valter de Castro, aos 16m)
Melhor marcador do Campeonato Nacional da 1ª Divisão da época 1955/56:
 José Águas (Benfica): 28 golos
CAMPEÃO NACIONAL DA 2ª DIVISÃO: ORIENTAL

CAMPEÃO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO:ALMADA


Taça de Portugal, Época 1955/56

1ª Eliminatória


Barreirense - Portalegrense: 7-2

U. Montemor - Caldas: 1-3

Torreense - Desp. Beja: 2-0

Tirsense - Sp. Espinho: 3-2

Sporting - CUF: 4-3

Farense - Benfica: 0-4

Braga - Sp. Covilhã: 5-1

Montijo - Belenenses: 2-4

L. Évora - Sanjoanense: 7-0

Leões de Santarém - V. Setúbal: 4-1

Académica - Leixões: 4-0

FC Porto - Portimonense: 13-1

Atlético - Peniche: 2-1

Vianense - Estoril: 7-3

Oitavos-de-final

Atlético - Leões de Santarém: 2-3

Belenenses - Benfica: 2-1

Caldas - Tirsense: 2-1

Barreirense - L.Évora: 3-1

FC Porto - Académica: 2-1

Braga - Vianense: 8-2

Torreense - Sporting: 1-0

Quartos-de-final

Belenenses - Caldas: 3-2

Barreirense - Marítimo: 1-5

Leões de Santarém - FC Porto: 1-5

Torreense - Braga: 2-0

Meias-finais

Belenenses - Torreense: 2-3

FC Porto - Marítimo: 1-0

Final

FC Porto - Torreense: 2-0


Data: 27 de Maio de 1956

Estádio: Estádio Nacional, em Lisboa

FC Porto: Pinho, Virgílio, Osvaldo Cambalacho, Pedroto, Miguel Arcanjo, Monteiro da Costa, Hernâni, Gastão Gonçalves, Jaburú, Carlos Duarte, e Perdigão. Treinador: Dorival Yustrich

Torreense: António Gama, Amílcar Silva, Joaquim Fernandes, Américo Belen, António Bernardo, Juan Forneri, Carlos Alberto, José da Costa, João Mendonça, José Gonçalves, e Fernando Mendonça. Treinador: Óscar Telechea

Marcadores: Hernâni (2)

O histórico "onze" do FC Porto que subiu ao relvado do Jamor para não só conquistar a primeira Taça de Portugal para o clube como igualmente a primeira "dobradinha" (campeonato e taça na mesma época) da gloriosa vida do emblema nortenho

Um comentário:

Anônimo disse...

é estupendo o teu blog estou a começar avisita