quinta-feira, janeiro 05, 2012

Eurotaças em números (37)...

TAÇA DOS CAMPEÕES EUROPEUS

Época 1991/92

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Barcelona (Espanha) - Hansa Rostock (Alemanha Oriental): 3-0/0-1

Kaiserslautern (Alemanha Ocidental) - Etar Tarnovo (Bulgária): 2-0/1-1

Union Luxembourg (Luxemburgo) - Marselha (França): 0-5/0-5

Sparta Praga (Checoslováquia) - Rangers (Escócia): 1-0/1-2 (Sparta vence por golos fora)

Hamrun (Malta) - Benfica (Portugal): 0-6/0-4 (Golos lusos: Yuran (4); Pacheco, Rui Águas/Yuran, Isaías, César Brito, Paulo Madeira)

Vídeo: ARSENAL - ÁUSTRIA VIENA
video

Vídeo: ÁUSTRIA VIENA - ARSENAL
video
Arsenal (Inglaterra) - Áustria Viena (Áustria): 6-1/0-1

Brondby (Dinamarca) - Zaglebie Lubin (Polónia): 3-0/1-2

HJK Helsínquia (Finlândia) - Dynamo Kiev (União Soviética): 0-1/0-3

Fram (Islândia) - Panathinaikos (Grécia): 2-2/0-0 (Panathinaikos vence por golos fora)

IFK Gotemburgo (Suécia) - Flamurtari (Albânia): 0-0/1-1 (IFK vence por golos fora)

Besiktas (Turquia) - PSV (Holanda): 1-1/1-2

Anderlecht (Bélgica) - Grasshopper (Suíça): 1-1/3-0

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Portadown (Irlanda do Norte): 4-0/4-0

Universitatea Craiova (Roménia) - Apollon Limassol (Chipre): 2-0/0-3

Honved (Hungria) - Dundalk (Rep.Irlanda): 1-1/2-0

Sampdoria (Itália) - Rosenborg (Noruega): 5-0/2-1

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Barcelona (Espanha) - Kaiserslautern (Alemanha Ocidental): 2-0/1-3 (Barcelona vence por golos fora)

Marselha (França) - Sparta Praga (Checoslováquia): 3-2/1-2 (Sparta vence por golos fora)

Vídeo: BENFICA - ARSENAL
video

   Vídeo: ARSENAL - BENFICA
video
Benfica (Portugal) - Arsenal (Inglaterra): 1-1/3-1 (Golos lusos: Isaías/Isaías (2), Kulkov)

Dynamo Kiev (União Soviética) - Brondby (Dinamarca): 1-1/1-0

Panathinaikos (Grécia) - IFK Gotemburgo (Suécia): 2-0/2-2

PSV (Holanda) - Anderlecht (Bélgica): 0-0/0-2

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Apollon Limassol (Chipre): 3-1/2-0

Honved (Hungria) - Sampdoria (Itália): 2-1/1-3

Fase de grupos

Grupo A

Sampdoria (Itália) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 2-0

Anderlecht (Bélgica) - Panathinaikos (Grécia): 0-0

Panathinaikos (Grécia) - Sampdoria (Itália): 0-0

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Anderlecht (Bélgica): 3-2

Panathinaikos (Grécia) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 0-2

Anderlecht (Bélgica) - Sampdoria (Itália): 3-2

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Panathinaikos (Grécia): 1-0

Sampdoria (Itália) - Anderlecht (Bélgica): 2-0

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Sampdoria (Itália): 1-3

Panathinaikos (Grécia) - Anderlecht (Bélgica): 0-0

Sampdoria (Itália) - Panathinaikos (Grécia): 1-1

Anderlecht (Bélgica) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 3-2

Classificação

1- Sampdoria (Itália): 8 pontos

2- Estrela Vermelha (Jugoslávia): 6 pontos

3- Anderlecht (Bélgica): 6 pontos

4- Panathinaikos (Grécia): 4 pontos

(Sampdoria qualificada para a final)

Grupo B

Barcelona (Espanha) - Sparta Praga (Checoslováquia): 3-2

Dynamo Kiev (União Soviética) - Benfica (Portugal): 1-0

Sparta Praga (Checoslováquia) - Dynamo Kiev (União Soviética): 2-1

Benfica (Portugal) - Barcelona (Espanha): 0-0

Dynamo Kiev (União Soviética) - Barcelona (Espanha): 0-2

Benfica (Portugal) - Sparta Praga (Checoslováquia): 1-1 (Golo luso: Pacheco)

Barcelona (Espanha) - Dynamo Kiev (União Soviética): 3-0

Sparta Praga (Checoslováquia) - Benfica (Portugal): 1-1 (Golo luso: César Brito)

Sparta Praga (Checoslováquia) - Barcelona (Espanha): 1-0

Benfica (Portugal) - Dynamo Kiev (União Soviética): 5-0 (Golos lusos: Yuran (2), César Brito (2), Isaías)

Dynamo Kiev (União Soviética) - Sparta Praga (Checoslováquia): 1-0

Barcelona (Espanha) - Benfica (Portugal): 2-1 (Golo luso: César Brito)

Classificação

1- Barcelona (Espanha): 9 pontos


2- Sparta Praga (Checoslováquia): 6 pontos

3- Benfica (Portugal): 5 pontos

4- Dynamo Kiev (União Soviética): 4 pontos

(Barcelona qualificado para a final)

Final

Barcelona (Espanha) - Sampdoria (Itália): 1-0


Data: 20 de maio de 1992

Estádio: Wembley, em Londres (Inglaterra)

Árbitro: Aron Schmidhuber (Alemanha Ocidental)

Barcelona: Zubizarreta; Eusebio, Ferrer, R.Koeman, Nando, Juan Carlos; Bakero, Guardiola (Alexanko, aos 113m), M.Laudrup; Salinas (Goikoechea, aos 64m), Stoichkov. Treinador: Johan Cruyff

Sampdoria: Pagliuca; Mannini, Lanna, Vierchowod, Katanec; Lombardo, Pari,Cerezo, I.Bonetti (Invernizzi, aos 72m); Vialli (Buso, aos 100m), Mancini. Treinador: Vujadin Boskov

Golo: 1-0 (R.Koeman, aos 112m)Finalmente o sonho há décadas perseguido tornou-se realidade. O Barcelona conquistava ao fim de 37 anos de existência das eurotaças a tão ambicionada TCE. E fê-lo na catedral do futebol mundial, o Estádio de Wembley, graças a uma "bomba" enviada pelo holandês Ronald Koeman para o fundo das redes transalpinas já em tempo de prolongamento. Esta edição da TCE serviu também como uma espécie de experiência piloto daquilo o que um ano mais tarde viria a ser a Liga dos Campeões Europeus. Ao invés dos quartos-de-final a competição passava a ser disputada em dois grupos de quatro equipas cada com o vencedor a qualificar-se para a final. A "Champions" estava a nascer e a velhinha TCE - denominada desta forma - conhecia aqui a sua derradeira edição. Depois disto nada seria como dantes, o "futebol romântico e puro" dava lugar ao "futebol negócio e mediático"...

Vídeo: BARCELONA - SAMPDORIA


video

Melhores marcadores:
Papin (Marselha), Yuran (Benfica): 7 golos

TAÇA DAS TAÇAS

Época 1991/92

Pré-Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Stockerau (Áustria) - Tottenham (Inglaterra): 0-1/0-1

Galway Utd. (Rep.Irlanda) - Odense (Dinamarca): 0-3/0-4

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Bacau (Roménia) - Werder Bremen (Alemanha Ocidental): 0-6/0-5

Levski (Bulgária) - Ferencvaros (Hungria): 2-3/1-4

Odense (Dinamarca) - Banik Ostrava (Checoslováquia): 0-2/1-2

Stahl (Alemanha Oriental) - Galatasaray (Turquia): 1-2/0-3

Fyllingen (Noruega) - Atlético Madrid (Espanha): 0-1/2-7

Athinaikos (Grécia) - Manchester Utd. (Inglaterra): 0-0/0-2

Katowice (Polónia) - Motherwell (Escócia): 2-0/1-3 (Katowice vence por golos fora)

Omonia (Chipre) - Club Brugge (Bélgica): 0-2/0-2

Partizani (Albânia) - Feyenoord (Holanda): 0-0/0-1

Valur (Islândia) - Sion (Suíça): 0-1/1-1

Valletta FC (Malta) - FC Porto (Portugal): 0-3/0-1 (Golos lusos: Kostadinov, Timofte, Mitharsky)

Hajduk Split (Jugoslávia) - Tottenham (Inglaterra): 1-0/0-2

Vídeo: CSKA MOSCOVO - ROMA
video
CSKA Moscovo (União Soviética) - Roma (Itália): 1-2/1-0 (Roma vence por golos fora)

Glenavon (Irlanda do Norte) - Ilves Tampere (Finlândia): 3-2/1-2 (Ilves vence por golos fora)

IFK Norrkoping (Suécia) - Jeunesse Esch (Luxemburgo): 4-0/2-1

Swansea City (País de Gales) - Mónaco (França): 1-2/0-8

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Werder Bremen (Alemanha Ocidental) - Ferencvaros (Hungria): 3-2/1-0

Galatasaray (Turquia) - Banik Ostrava (Checoslováquia): 0-1/2-1 (Galatasaray vence por golos fora)

Atlético Madrid (Espanha) - Manchester Utd. (Inglaterra): 3-0/1-1

Katowice (Polónia) - Club Brugge (Bélgica): 0-1/0-3

Sion (Suíça) - Feyenoord (Holanda): 0-0/0-0 (Feyenoord vence nos penaltis)

Tottenham (Inglaterra) - FC Porto (Portugal): 3-1/0-0 (Golo luso: Kostadinov)

Vídeo: ILVES TAMPERE - ROMA
video
Vídeo: ROMA - ILVES TAMPERE
video
Ilves Tampere (Finlânda) - Roma (Itália): 1-1/2-5

IFK Norrkoping (Suécia) - Mónaco (França): 1-2/0-1

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Werder Bremen (Alemanha Ocidental) - Galatasaray (Turquia): 2-1/0-0

Atlético Madrid (Espanha) - Club Brugge (Bélgica): 3-2/1-2 (Club Brugge vence por golos fora)

Feyenoord (Holanda) - Tottenham (Inglaterra): 1-0/0-0

Vídeo: MÓNACO - ROMA
video
Roma (Itália) - Mónaco (França): 0-0/0-1

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Club Brugge (Bélgica) - Werder Bremen (Alemanha Ocidental): 1-0/0-2

Mónaco (França) - Feyenoord (Holanda): 1-1/2-2 (Mónaco vence por golos fora)

Final

Werder Bremen (Alemanha Ocidental) - Mónaco (França): 2-0


Data: 6 de maio de 1992

Estádio: Luz, em Lisboa (Portugal)

Árbitro: Pietro d'Ella

Werder Bremen: Rollmann; Wolter (Schaaf, aos 35m), Borowka, Bratseth, Bode; Bockenfeld, Eilts, Votava, Neubarth (Kohn, aos 75m); Rufer, Allofs. Treinador: Otto Rehhagel

Mónaco: Ettori; Valery (Djorkaeff, aos 62m), Petit, Mendy, Sonor; Dib, Gnako, Passi, Rui Barros; Weah, Fofana (Clement, aos 59m). Treinador: Arsène Wenger

Golos: 1-0 (Allofs, aos 40m), 2-0 (Rufer, aos 55m)Numa das finais mais despidas de público da história das eurotaças - num Estádio da Luz com capacidade para 120.000 pessoas apenas 16.000 lugares foram preenchidos !!! - o Werder Bremen conquistou a sua coroa de glória europeia após bater um Mónaco recheado de estrelas.

Vídeo: WERDER BREMEN - MÓNACO


video

Melhor marcador:Lipcsei (Ferencvaros): 6 golos

TAÇA UEFA

Época 1991/92

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Ajax (Holanda) - Orebro (Suécia): 3-0/1-0

Groningen (Holanda) - Rot-Weiss Erfurt (Alemanha Oriental): 0-1/0-1

Estugarda (Alemanha Ocidental) - Pecsi (Hungria): 4-1/2-2

Slavia (Bulgária) - Osasuna (Espanha): 1-0/0-4

Vaci Izzo MTE (Hungria) - Dinamo Moskovo (União Soviética): 1-0/1-4

video
                                          Vídeo: SALGUEIROS - CANNES

Salgueiros (Portugal) - Cannes (França): 1-0/0-1 (Cannes vence nos penaltis)(Golo luso: Jorge Plácido)

Eintracht Frankfurt (Alemanha Ocidental) - Spora Luxembourg (Luxemburgo): 6-1/5-0

Gent (Bélgica) - Lausanne (Suíça): 0-1/1-0 (Gent vence nos penaltis)

Liverpool (Inglaterra) - Kuusysi Lahti (Finlândia): 6-1/0-1

Ikast (Dinamarca) - Auxerre (França): 0-1/1-5

PAOK (Grécia) - Malines (Bélgica): 1-1/1-0

Tirol-Innsbruck (Áustria) - Tromso (Noruega): 2-1/1-1

Anorthosis Famagusta (Chipre) - Steaua (Roménia): 1-2/2-2

Sporting Gijón (Espanha) - Partizan (Jugoslávia): 2-0/0-2 (Gijón vence nos penaltis)

Vídeo: SPORTING - DINAMO BUCARESTE
video

Vídeo: DINAMO BUCARESTE - SPORTING 
video
Sporting (Portugal) - Dinamo Bucareste (Roménia): 1-0/0-2 (Golo luso: Iordanov)

Real Oviedo (Espanha) - Genoa (Itália): 1-0/1-3 S

lovan Bratislava (Checoslováquia) - Real Madrid (Espanha): 1-2/1-1

Sturm Graz (Áustria) - Utrecht (Holanda): 0-1/1-3

Celtic (Escócia) - Germinal Ekeren (Bélgica): 2-0/1-1

Neuchâtel Xamax (Suíça) - Floriana (Malta): 2-0/0-0

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - Gornik (Polónia): 1-1/3-0

Vídeo: PARMA - CSKA SOFIA
video
CSKA Sofia (Bulgária) - Parma (Itália): 0-0/1-1 (CSKA vence por golos fora)

Hallescher (Alemanha Oriental) - Torpedo Moscovo (União Soviética): 2-1/0-3

Bangor (Irlanda do Norte) - Sigma Olomouc (Checoslováquia): 0-3/0-3

Aberdeen (Escócia) - B 1903 (Dinamarca): 0-1/0-2

Cork City (Rep.Irlanda) - Bayern (Alemanha Ocidental): 1-1/0-2

Lyon (França) - Osters (Suécia): 1-0/1-1

HASK-Gradjanski (Jugoslávia) - Trabzonspor (Turquia): 2-3/1-1

Vllaznia (Albânia) - AEK Atenas (Grécia): 0-1/0-2

MP (Finlândia) - Spartak Moscovo (União Soviética): 0-2/1-3

video
                                          Vídeo: BOAVISTA - INTER

Boavista (Portugal) - Inter (Itália): 2-1/0-0 (Golos lusos: Marlon Brandão, Barny)

KR (Islândia) - Torino (Itália): 0-2/1-6

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Rot-Weiss Erfurt (Alemanha Oriental) - Ajax (Holanda): 1-2/0-3

Osasuna (Espanha) - Estugarda (Alemanha Ocidental): 0-0/3-2

Cannes (França) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 0-1/1-1

Gent (Bélgica) - Eintracht Frankfurt (Alemanha Ocidental): 0-0/1-0

Auxerre (França) - Liverpool (Inglaterra): 2-0/0-3

PAOK (Grécia) - Tirol-Innsbruck (Áustria): 0-2/0-2

Sporting Gijón (Espanha) - Steaua (Roménia): 2-2/0-1

Genoa (Itália) - Dinamo Bucareste (Roménia): 3-1/2-2

Utrecht (Holanda) - Real Madrid (Espanha): 1-3/0-1

Neuchêtel Xamax (Suíça) - Celtic (Escócia): 5-1/0-1

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - CSKA Sofia (Bulgária): 2-0/4-1

Sigma Olomouc (Checoslováquia) - Torpedo Moscovo (União Soviética): 2-0/0-0

B 1903 (Dinamarca) - Bayern (Alemanha Ocidental): 6-2/0-1

Lyon (França) - Trabzonspor (Turquia): 3-4/1-4

Spartak Moscovo (União Soviética) - AEK Atenas (Grécia): 0-0/1-2

Vídeo: BOAVISTA - TORINO
video
Vídeo: TORINO - BOAVISTA
video
Torino (Itália) - Boavista (Portugal): 2-0/0-0

Oitavos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Osasuna (Espanha) - Ajax (Holanda): 0-1/0-1

Gent (Bélgica) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 2-0/0-0

Tirol-Innsbruck (Áustria) - Liverpool (Inglaterra): 0-2/0-4

Steaua (Roménia) - Genoa (Itália): 0-1/0-1

Neuchâtel Xamax (Suíça) - Real Madrid (Espanha): 1-0/0-4

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - Sigma Olomouc (Checoslováquia): 1-2/1-4

B 1903 (Dinamarca) - Trabzonspor (Turquia): 1-0/1-1

AEK Atenas (Grécia) - Torino (Itália): 2-2/0-1

Quartos-de- final (1ª e 2ª mãos)

Gent (Bélgica) - Ajax (Holanda): 0-0/0-3

Genoa (Itália) - Liverpool (Inglaterra): 2-0/2-1

Sigma Olomouc (Checoslováquia) - Real Madrid (Espanha): 1-1/0-1

B 1903 (Dinamarca) - Torino (Itália): 0-2/0-1

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Genoa (Itália) - Ajax (Holanda): 2-3/1-1

Real Madrid (Espanha) - Torino (Itália): 2-1/0-2

Final (1ª mão)

Torino (Itália) - Ajax (Holanda): 2-2


Data: 29 de abril de 1992

Estádio: delle Alpi, em Turim (Itália)

Árbitro: Joe Worrall (Inglaterra)

Torino: Marchegiani; Bruno, Annoni, Cravero (Bresciani, aos 80m), Muissi (Sordo, aos 83m); Benedetti, Scifo, Martin Vasquez, Venturin; Lentini, Casagrande. Treinador: Emiliano Mondonico

Ajax: Menzo; Silooy, Blind, Jonk, De Boer; Winter, Kreek, Bergkamp; Van't Schip, Pettersson, Roy (Groenendijk, aos 82m). Treinador: Louis van Gaal

Golos: 0-1 (Jonk, aos 17m), 1-1 (Casagrande, aos 65m), 1-2 (Pettersson, aos 73m), 2-2 (Casagrande, aos 82m)

Final (2ª mão)

Ajax (Holanda) - Torino (Itália): 0-0


Data: 13 de maio de 1992

Estádio: Olimpico de Amesterdão (Holanda)

Árbitro: Zoran Petrovic (Jugoslávia)

Ajax: Menzo; Silooy, Blind, Jonk, De Boer; Winter, Kreek (Vink, aos 80m), Alflen; Van't Schip, Pettersson, Roy (Van Loen, aos 65m). Treinador: Louis van Gaal

Torino: Marchegiani; Mussi, Cravero (Sordo, aos 58m), Benedetti, Fusi, Policano; Martin Vazquez, Scifo (Breciani, aos 62m), Venturin; Casagrande, Lentini. Treinador: Emiliano MondonicoUma verdadeira fábrica de talentos, é desta forma que podemos descrever aquilo o que é o Ajax de Amesterdão. Um clube que ao longo da sua história formou dezenas de grandes jogadores que fizeram deste um dos emblemas mais laureados do Mundo. Com a Taça UEFA de 92 os holandeses somavam o seu sétimo troféu europeu, e além disso juntavam-se à Juventus no restrito leque de clubes que haviam vencido as quatro provas continentais.

Vídeo: AJAX - TORINO


video

Melhor marcador:Dean Saunders (Liverpool): 9 golos

SUPERTAÇA EUROPEIA

Época 1991/92

1ª mão

Werder Bremen (Alemanha Ocidental) - Barcelona (Espanha): 1-1


Data: 10 de fevereiro de 1993

Estádio: Weserstadion, em Bremen (Alemanha Ocidental)

Werder Bremen: Reck; Borowka, Bratseth, Legat, Bockenfeld, Neubarth, Votava, Herzog, Eilts, Bode (Kohn, aos 69m), Hobsch (Allofs, aos 77m)

Barcelona: Zubizarreta; Ferrer, R.Koeman, Eusebio, Nadal, Goikoechea, Bakero (Beguiristain, aos 67m), Amor, Salinas (Christiansen, aos 83m), Witschge, Stoichkov

Golos: 0-1 (Salinas, aos 38m), 1-1 (Allofs, aos 88m)

2ª mão

Barcelona (Espanha) - Werder Bremen (Alemanha Ocidental): 2-1


Data: 10 de março de 1993

Estádio: Camp Nou, em Barcelona (Espanha)

Barcelona: Zubizarreta; Ferrer, R.Koeman, Eusebio, Nadal, Guardiola(Salinas, aos 79m), Bakero (Beguiristain, aos 50m), Amor, Goikoechea, M.Laudrup, Stoichkov

Werder Bremen: Reck; Wolter, Borowka, Bratseth, Legat (Allofs, aos 77m), Schaaf (Gundelach, aos 30m), Eilts, Bode, Herzog, Hobsch, Rufer

Golos: 1-0 (Stoichkov, aos 32m), 1-1 (Rufer, aos 41m), 2-1 (Goikoechea, aos 48m)O "dream team" de Johan Cruyff continuava a reluzir na Europa do futebol. A Supertaça Europeia era já o terceiro troféu continental conquistado pelo holandês em quatro anos de trabalho na Catalunha... mais de metade do que aqueles que o Barça havia vencido em toda a sua história desde a criação das eurotaças!

Vídeo: BARCELONA - WERDER BREMEN


video

Nenhum comentário: