segunda-feira, janeiro 02, 2012

Eurotaças em números (33)...

TAÇA DOS CAMPEÕES EUROPEUS

Época 1987/88

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Neuchâtel Xamax (Suíça) - Kuusysi (Finlândia): 5-0/1-2

Bayern (Alemanha Ocidental) - CFKA Sredets (Bulgária): 4-0/1-0

Real Madrid (Espanha) - Nápoles (Itália): 2-0/1-1

FC Porto (Portugal) - Vardar (Jugoslávia): 3-0/3-0 (Golos lusos: Madjer (2), Sousa/Sousa, Jaime Magalhães, Madjer)

Lillestrom (Noruega) - Linfield (Irlanda do Norte): 1-1/4-2

Bordéus (França) - Dynamo Berlim (Alemanha Oriental): 2-0/2-0

Rapid Viena (Áustria) - Hamrun (Malta): 6-0/1-0

PSV (Holanda) - Galatasaray (Turquia): 3-0/0-2

Steaua (Roménia) - MTK Budapeste (Hungria): 4-0/0-2

Shamrock Rovers (Rep.Irlanda) - Omonia (Chipre): 0-1/0-0

Dynamo Kiev (União Soviética) - Rangers (Escócia): 1-0/0-2

Olympiakos (Grécia) - Gornik (Polónia): 1-1/1-2

Aarhus (Dinamarca) - Jeunesse Esch (Luxemburgo): 4-1/0-1

Benfica (Portugal) - Partizani Tirana (Albânia): 4-0/*3-0 (*desistência do Partizani) (Golos lusos: Rui Águas (2), Mozer, Hametaj (p.b.))

Fram (Islândia) - Sparta Praga (Checoslováquia): 0-2/0-8

Malmo (Suécia) - Anderlecht (Bélgica): 0-1/1-1

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Neuchâtel Xamax (Suíça) - Bayern (Alemanha Ocidental): 2-1/0-2

Real Madrid (Espanha) - FC Porto (Portugal): 2-1/2-1 (Golos lusos: Madjer/Sousa)

Lillestrom (Noruega) - Bordéus (França): 0-0/0-1

Rapid Viena (Áustria) - PSV (Holanda): 1-2/0-2

Steaua (Roménia) - Omonia (Chipre): 3-1/2-0

Rangers (Escócia) - Gornik (Polónia): 3-1/1-1

Aarhus (Dinamarca) - Benfica (Portugal): 0-0/0-1 (Golo luso: Nunes)

Sparta Praga (Checoslováquia) - Anderlecht (Bélgica): 1-2/0-1

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Bayern (Alemanha Ocidental) - Real Madrid (Espanha): 3-2/0-2

Bordéus (França) - PSV (Holanda): 1-1/0-0 (PSV vence por golos fora)

Steaua (Roménia) - Rangers (Escócia): 2-0/1-2

Benfica (Portugal) - Anderlecht (Bélgica): 2-0/0-1 (Golos lusos: Magnusson, Chiquinho)

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Real Madrid (Espanha) - PSV (Holanda): 1-1/0-0 (PSV vence por golos fora)

Steaua (Roménia) - Benfica (Portugal): 0-0/0-2 (Golos lusos: Rui Águas (2))

Final

PSV (Holanda) - Benfica (Portugal): 0-0 (6-5 nas grandes penalidades)


Data: 25 de maio de 1988

Estádio: Neckarstadion, em Estugarda (Alemanha Ocidental)

Árbitro: Luigi Agnolin (Itália)

PSV: Van Breukelen; Gerets, Van Aerle, R.Koeman, Nielsen, Heintze; Vanenburg, Linskens, Lerby; Kieft, Gillhaus (Janssen, aos 107m). Treinador: Guus Hiddink

Benfica: Silvino; Veloso, Dito, Mozer, Álvaro; Elzo, Shéu, Chiquinho, Pacheco; Rui Águas (Vando, aos 57m), Magnusson (Hajry, aos 111m). Treinador: ToniA maldição de Bela Gutmann proferida em 1962 - após a última TCE conquistada pelos benfiquistas - continuava a vigorar... «Senhores, nem daqui a 100 anos o Benfica volta a ganhar uma TCE», palavras de então do "Velho Feiticeiro" húngaro. Pois bem, em 88 o Benfica não conseguiu manter a TCE em solo português depois de ter perdido a lotaria das grandes penalidades para os holandeses do PSV Eindhoven.

Vídeo: PSV - BENFICA

video

Melhores marcadores: Madjer (FC Porto), Rui Águas (Benfica), McCoist (Rangers), Michel (Real Madrid), Ferreri (Bordeús), Hagi (Steaua): 4 golos

TAÇA DAS TAÇAS

Época 1987/88

Pré-Eliminatória (1ª e 2ª mãos)
AEL Limassol (Chipre) - Dunajska Streda (Checoslováquia): 0-1/1-5

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: DINAMO BUCARESTE - MALINES
video
Malines (Bélgica) - Dinamo Bucareste (Roménia): 1-0/2-0

St. Mirren (Escócia) - Tromso (Noruega): 1-0/0-0

Vídeo: REAL SOCIEDAD - SLASK WROCLAW
video

Real Sociedad (Espanha) - Slask Wroclaw (Polónia): 0-0/2-0

Dinamo Minsk (União Soviética) - Genclerbirligi (Turquia): 2-0/2-1

Vitosha Sofia (Bulgária) - OFI Creta (Grécia): 1-0/1-3

Merthyr Tydfil (País de Gales) - Atalanta (Itália): 2-1/0-2

IA (Islândia) - Kalmar (Suécia): 0-0/0-1

Vídeo: SPORTING - SWAROVSKI TIROL
video

Vídeo: SWAROVSKI TIROL - SPORTING
video
Sporting (Portugal) - Swarovski Tirol (Áustria): 4-0/2-4 (Golos lusos: Sealy (2), Cascavel (2)/Sealy, Cascavel)

Vllaznia (Albânia) - Sliema Wanderers (Malta): 2-0/4-0

RoPS (Finlândia) - Glentoran (Irlanda do Norte): 0-0/1-1 (RoPS vence por golos fora)

Lokomotive Leipzig (Alemanha Oriental) - Marselha (França): 0-0/0-1

Aalborg (Dinamarca) - Hajduk Split (Jugoslávia): 1-0/0-1 (Hajduk vence nos penaltis)

Ujpest (Hungria) - Den Haag (Holanda): 1-0/1-3

Dunajska Streda (Checoslováquia) - Young Boys (Suíça): 2-1/1-3

Avenir Beggen (Luxemburgo) - Hamburgo (Alemanha Ocidental): 0-5/0-3

Ajax (Holanda) - Dundalk (Rep.Irlanda): 4-0/2-0

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: ST. MIRREN - MALINES
video
Malines (Bélgica) - St. Mirren (Escócia): 0-0/2-0

Vídeo: REAL SOCIEDAD - DINAMO MINSK
video
Real Sociedad (Espanha) - Dinamo Minsk (União Soviética): 1-1/0-0 (Dinamo vence por golos fora)

OFI Creta (Grécia) - Atalanta (Itália): 1-0/0-2

Vídeo: KALMAR - SPORTING
video

Vídeo: SPORTING - KALMAR 
video
Kalmar (Suécia) - Sporting (Portugal): 1-0/0-5 (Golos lusos: Cascavel (3), Sealy, Duílio)

Vllaznia (Albânia) - RoPS (Finlândia): 0-1/0-1

Marselha (França) - Hajduk Split (Jugoslávia): 4-0/3-0

Den Haag (Holanda) - Young Boys (Suíça): 2-1/0-1 (Young Boys vence por golos fora)

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - Ajax (Holanda): 0-1/0-2

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: MALINES - DINAMO MINSK
video

Vídeo: DINAMO MINSK - MALINES 
video
Malines (Bélgica) - Dinamo Minsk (União Soviética): 1-0/1-1

Vídeo: ATALANTA - SPORTING
video

Vídeo: SPORTING - ATALANTA 
video
Atalanta (Itália) - Sporting (Portugal): 2-0/1-1 (Golo luso: Houtman)

RoPS (Finlândia) - Marselha (França): 0-1/0-3

Young Boys (Suíça) - Ajax (Holanda): 0-1/0-1

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: MALINES - ATALANTA
video

Vídeo: ATALANTA - MALINES 
video
Malines (Bélgica) - Atalanta (Itália): 2-1/2-1

Marselha (França) - Ajax (Holanda): 0-3/2-1

Final

Malines (Bélgica) - Ajax (Holanda): 1-0


Data: 11 de maio de 1988

Estádio: La Meinau, em Estrasburgo (França)

Árbitro: Dieter Pauly (Alemanha Oriental)

Malines: Preud'homme; Clijsters, Sanders, Rutjes, Deferm; Hofkens(Theunis, aos 73m), Emmers, E.Koeman, De Wilde (Demesmaeker, aos 60m); Den Boer, Ohana. Treinador: Aad de Mos

Ajax: Menzo; Blind, Wouters, Larsson, Verlaat (Meijer, aos 73m); Van't Schip (Bergkamp, aos 57m), Winter, A.Mühren, Scholten; Bosman, Rob Witschge. Treinador: Spitz Kohn

Golo: 1-0 (Den Boer, aos 53m)A TVT continua fértil em "campeões surpresa". Na sua estreia ao nível de competições europeias o praticamente desconhecido - a nível internacional - Malines (ou KV Mechelen) batia em 88 o vencedor da temporada transata, o Ajax, fazendo desta forma jus à expressão "David vencia Golias". O coletivo belga era formado na sua esmagadora maioria por jogadores modestos, porém na baliza pontificava um homem que anos mais tarde viria a ser consagrado como um dos melhores guarda-redes de todos os tempos: Michel Preud'homme.

Vídeo: MALINES - AJAX

video

Melhor marcador:Cascavel (Sporting): 6 golos

TAÇA UEFA

Época 1987/88

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Besiktas (Turquia) - Inter (Itália): 0-0/1-3

Bohemians (Rep.Irlanda) - Aberdeen (Escócia): 0-0/0-1

Borussia Monchengladbach (Alemanha Ocidental) - Espanyol (Espanha): 0-1/1-4

Brondby (Dinamarca) - IFK Gotemburgo (Suécia): 2-1/0-0

Honved (Hungria) - Lokeren (Bélgica): 1-0/0-0

Celtic (Escócia) - Borussia Dortmund (Alemanha Ocidental): 2-1/0-2

Coleraine (Irlanda do Norte) - Dundee Utd. (Escócia): 0-1/1-3

EPA Larnaca (Chipre) - Victoria Bucareste (Roménia): 0-1/0-3

Vídeo: BARCELONA - BELENENSES
video

                                               Vídeo: BELENENSES - BARCELONA
video
Barcelona (Espanha) - Belenenses (Portugal): 2-0/0-1 (Golo luso: Mapuata)

Wismut Aue (Alemanha Oriental) - Valur (Islândia): 0-0/1-1 (Aue vence por golos fora)

Spartak Moscovo (União Soviética) - Dinamo Dresden (Alemanha Oriental): 3-0/0-1

Universitatea Craiova (Roménia) - Chaves (Portugal): 3-2/1-2 (Chaves vence por golos fora) (Golos lusos: Gilberto, Vermelhinho/Radi, Vermelhinho)

Vitkovice (Checoslováquia) - AIK (Suécia): 1-1/2-0

Zenit Leningrad (União Soviética) - Club Brugge (Bélgica): 2-0/0-5

Feyenoord (Holanda) - Spora Luxembourg (Luxemburgo): 5-0/5-2

Áustria Viena (Áustria) - Bayer (Alemanha Ocidental): 0-0/1-5

Grasshopper (Suíça) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 0-4/0-1

Beveren (Bélgica) - Bohemians Praga (Checoslováquia): 2-0/0-1

Flamurtari (Albânia) - Partizan (Jugoslávia): 2-0/1-2

Linz (Áustria) - Utrecht (Holanda): 0-0/0-2

Mjondalen (Noruega) - Werder Bremen (Alemanha Ocidental): 0-5/1-0

Vídeo: PANATHINAIKOS - AUXERRE
video
Panathinaikos (Grécia) - Auxerre (França): 2-0/2-3

Lokomotiv Sofia (Bulgária) - Dinamo Tbilisi (União Soviética): 3-1/0-3

Vídeo: HELLAS VERONA - POGON
video
Pogon (Polónia) - Hellas Verona (Itália): 1-1/1-3

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Trakia Plovdiv (Bulgária): 3-0/2-2

Sporting Gijón (Espanha) - Milan (Itália): 1-0/0-3

Sportul Studentesc (Roménia) - Katowice (Polónia): 1-0/2-1

Tatabanyai (Hungria) - Vitória Guimarães (Portugal): 1-1/0-1 (Golos lusos: Caio Júnior/Kipulo)

Toulouse (França) - Panionios (Grécia): 5-1/1-0

TPS (Finlândia) - Admira Wacker (Áustria): 0-1/2-0

Valletta FC (Malta) - Juventus (Itália): 0-4/0-3

Velez Mostar (Jugoslávia) - Sion (Suíça): 5-0/0-3

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Milan (Itália) - Espanyol (Espanha): 0-2/0-0

Aberdeen (Escócia) - Feyenoord (Holanda): 2-1/0-1 (Feyenoord vence por golos fora)

Borussia Dortmund (Alemanha Ocidental) - Velez Mostar (Jugoslávia): 2-0/1-2

Brondby (Dinamarca) - Sportul Studentesc (Roménia): 3-0/0-3 (Sportul vence nos penaltis)

Chaves (Portugal) - Honved (Hungria): 1-2/1-3 (Golos lusos: Radi/Jorginho)

Dundee Utd. (Escócia) - Vitkovice (Checoslováquia): 1-2/1-1

Vídeo: UTRECHT - HELLAS VERONA
video

Vídeo: HELLAS VERONA - UTRECHT
video
Utrecht (Holanda) - Hellas Verona (Itália): 1-1/1-2

Barcelona (Espanha) - Dinamo Moscovo (União Soviética): 2-0/0-0

Wismut Aue (Alemanha Oriental) - Flamurtari (Albânia): 1-0/0-2

Spartak Moscovo (União Soviética) - Werder Bremen (Alemanha Ocidental): 4-1/2-6

Inter (Itália) - TPS (Finlândia): 0-1/2-0

Panathinaikos (Grécia) - Juventus (Itália): 1-0/2-3 (Panathinaikos vence por golos fora)

Estrela Vermelha (Jugoslávia) - Club Brugge (Bélgica): 3-1/0-4

Toulouse (França) - Bayer (Alemanha Ocidental): 1-1/0-1

Victoria Bucareste (Roménia) - Dinamo Tbilisi (União Soviética): 1-2/0-0

Vitória Guimarães (Portugal) - Beveren (Bélgica): 1-0/0-1 (Vitória vence nos penaltis) (Golo luso: Ademir)

Oitavos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Borussia Dortmund (Alemanha Ocidental) - Club Brugge (Bélgica): 3-0/0-5

Honved (Hungria) - Panathinaikos (Grécia): 5-2/1-5

Barcelona (Espanha) - Flamurtari (Albânia): 4-1/0-1

Feyenoord (Holanda) - Bayer (Alemanha Ocidental): 2-2/0-1

Hellas Verona (Itália) - Sportul Studentesc (Roménia): 3-1/1-0

Inter (Itália) - Espanyol (Espanha): 1-1/0-1

Vitória Guimarães (Portugal) - Vitkovice (Checoslováquia): 2-0/0-2 (Vitkovice vence nos penaltis) (Golos lusos: Kipulo, Ademir)

Werder Bremen (Alemanha Ocidental) - Dinamo Tbilisi (União Soviética): 2-1/1-1

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Bayer (Alemanha Ocidental) - Barcelona (Espanha): 0-0/1-0

Vídeo: WERDER BREMEN - HELLAS VERONA
video
Hellas Verona (Itália) - Werder Bremen (Alemanha Ocidental): 0-1/1-1

Panathinaikos (Grécia) - Club Brugge (Bélgica): 2-2/0-1

Espanyol (Espanha) - Vitkovice (Checoslováquia): 2-0/0-0

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Bayer (Alemanha Ocidental) - Werder Bremen (Alemanha Ocidental): 1-0/0-0

Club Brugge (Bélgica) - Espanyol (Espanha): 2-0/0-3

Final (1ª mão)

Espanyol (Espanha) - Bayer (Alemanha Ocidental): 3-0


Data: 4 de maio de 1988

Estádio: Sarriá, em Barcelona (Espanha)

Espanyol: N'Kono; Job, Miguel Angel, Gallert; Soler, Orejuela(Golobart, aos 66m), Urquiaga, Inaki; Valverde, Pichi Alonso (Lauridsen, aos 69m), Losada. Treinador: Javier Clemente

Bayer: Vollborn; Rolff, De Kayser, A.Reinhardt, Hinterberger; Cha Bum-Kun (Gotz, aos 18m), Tita, Buncol, Falkenmayer (K.Reinhardt, aos 75m); Waas, Tauber. Treinador: Erich Ribbeck

Golos: 1-0 (Losada, aos 45m), 2-0 (Soler, aos 49m), 3-0 (Losada, aos 56m)

Final (2ª mão)

Bayer (Alemanha Ocidental) - Espanyol (Espanha): 3-0 (3-2 nas grandes penalidades)


Data: 18 de maio de 1988

Estádio: Ulrich Haberland, em Leverkusen (Alemanha Ocidental)

Bayer: Vollborn; Rolff, Seckler, A.Reinhardt, K.Reinhardt; Schreier(Waas, aos 46m), Buncol, Falkenmayer; Cha Bum-Kun, Gotz, Tita (Tauber, aos 62m). Treinador: Erich Ribbeck

Espanyol: N'Kono; Miguel Angel, Golobart (Zuniga, aos 73m), Utquiaga; Job, Orejuela(Zubillaga, aos 66m), Inaka, Soler; Pichi Alonso, Losada. Treinador: Javier Clemente

Golos: 1-0 (Tita, aos 57m), 2-0 (Gotz, aos 63m), 3-0 (Cha Bum-Kun, aos 81m)Foi uma das reviravoltas mais memoráveis da história das finais das eurotaças. Depois de uma pesada derrota por 0-3 no mítico Estádio Sarriá de Barcelona o Bayer Leverkusen responde na mesma moeda ao Espanyol no jogo da segunda mão. Empolgados com esta reviravolta os alemães seriam mais fortes nas grandes penalidades, conquistando desta forma o seu único troféu continental.

Melhores marcadores: Brylle (Club Brugge), Saravakos (Panathinaikos): 6 golos

SUPERTAÇA EUROPEIA

Época 1987/88

1ª mão

Malines (Bélgica) - PSV (Holanda): 3-0


Data: 1 de fevereiro de 1989

Estádio: Achter de Kazerne, em Mechelen (Bélgica)

Malines: Preud'homme; Emmers, Sanders, Rutjes, Versavel, Hofkens, E.Koeman (Deferm), De Wilde, Bosman (Wilmots), Den Boer, Demesmaeker

PSV: Lodewijks; Gerets, Valckx, R.Koeman, Veldman, Van Aerle, Lerby, Vanenburg, Romário, Gillhaus, Janssen (Ellerman)

Golos: 1-0 (Bosman, aos 16m), 2-0 (De Wilde, aos 17m), 3-0 (Bosman, aos 50m)

Vídeo: MALINES - PSV
video

2ª mão

PSV (Holanda) - Malines (Bélgica): 1-0


Data: 8 de fevereiro de 1989

Estádio: Philips, em Eindhoven (Holanda)

PSV: Lodewijks; Gerets, R.Koeman, Heintze, Vanenburg, Van Aerle, Linskens (Valckx),Chovanec, Ellerman, Romario, Gillhaus

Malines: Preud'homme; Sanders, Rutjes, Emmers (E.Koeman), Deferm, Hofkens, Bosman, Versavel, Demesmaeker, De Wilde, Den Boer

Golo: 1-0 (Gillhaus, aos 78m)

Vídeo: PSV - MALINES
video


O Malines continuava a fazer das suas na Velha Europa futebolística. Depois da TVT levava para a Bélgica a Supertaça Europeia... e de novo à custa de uma equipa holandesa.

Nenhum comentário: