sexta-feira, novembro 20, 2015

Liga dos Campeões de África

Corria o ano de 1964 quando a Confederação Africana de Futebol (CAF) decidiu lançar aquela que com o passar dos anos iria tornar-se na prova rainha do continente africano ao nível de clubes, a Taça dos Campeões Africanos. A competição que reunia os campeões nacionais das nações filiadas na CAF seria rebatizada em 1997, passando a denominar-se Liga dos Campeões Africanos, agregando a ela novos estatutos e um novo formato, à semelhança do que acontecia noutros continentes do globo. Em termos globais o Al-Ahly do Egito é o emblema que em mais ocasiões levou o troféu para as suas vitrinas, oito no total, sendo o Egito a nação com mais títulos, 14. Em seguida ficamos com a lista de campeões de prova rainha de clubes do continente do ouro negro.
2016: Mamelodi Sundowns (África do Sul)
2015: TP Mazembe (Rep. Democrática do Congo)
2014: ÉS Setif (Argélia)
2013: Al-Ahly (Egito)
2012: Al-Ahly (Egito)
2011: Espérance de Tunis (Tunísia)
2010: TP Mazembe (Rep. Democrática do Congo)
2009: TP Mazembe (Rep. Democrática do Congo)
2008: Al-Ahly (Egito)
2007: Étoile du Sahel (Tunísia)
2006: Al-Ahly (Egito)
2005: Al-Ahly (Egito)
2004: Enyimba (Nigéria)
2003: Enyimba (Nigéria)
2002: Zamalek (Egito)
2001: Al-Ahly (Egito)
2000: Hearts of Oak (Gana)
1999: Raja Casablanca (Marrocos)
1998: ASEC Mimosas (Costa do Marfim)
1997: Raja Casablanca (Marrocos)
1996: Zamalek (Egito)
1995: Orlando Pirates (África do Sul)
1994: Espérance de Tunis (Tunísia)
1993: Zamalek (Egito)
1992: WAC Casablanca (Marrocos)
1991: Club African (Tunísia)
1990: JS Kabylie (Argélia)
1989: Raja Casablanca (Marrocos)
1988: ÉS Setif (Argélia)

1987: Al-Ahly (Egito)
1986: Zamalek (Egito)
1985: FAR Rabat (Marrocos)
1984: Zamalek (Egito)

1983: Asante Kotoko (Gana)

1982: Al-Ahly (Egito)

1981: JE Tizi-Ouzou (Argélia)

1980: Canon Yaoundé (Camarões)

1979: US Douala (Camarões)
1978: Canon Yaoundé (Camarões)
1977: Hafia (Guiné)
1976: MC Alger (Argélia)
1975: Hafia (Guiné)
1974: CARA Brazzaville (República do Congo)

1973: Vita Club (Rep. Democrática do Congo)
1972: Hafia (Guiné)

1971: Canon Yaoundé (Camarões)

1970: Asante Kotoko (Gana)
1969: Ismaily (Egito)
1968: TP Engelbert (Rep. Democrática do Congo)
1967: TP Engelbert (Rep. Democrática do Congo)

1966: Stade d'Abidjan (Costa do Marfim)

1965: Não se disputou
1964: Oryx Douala (Camarões)

Nenhum comentário: