quarta-feira, dezembro 07, 2011

Eurotaças em números (27)...

TAÇA DOS CAMPEÕES EUROPEUS

Época 1981/82

Pré-Eliminatória (1ª e 2ª mão)


Saint-Étienne (França) - Dynamo Berlim (Alemanha Oriental): 1-1/0-2

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Áustria Viena (Áustria) - Partizani Tirana (Albânia): 3-1/0-1

Dynamo Kiev (União Soviética) - Trabzonspor (Turquia): 1-0/1-1

Dynamo Berlim (Alemanha Oriental) - FC Zurich (Suíça): 2-0/1-3 (vence Dynamo por golos fora)

Vídeo: ASTON VILLA - VALUR
video
Aston Villa (Inglaterra) - Valur (Islândia): 5-0/2-0

Lodz (Polónia) - Anderlecht (Bélgica): 1-4/1-2

Celtic (Escócia) - Juventus (Itália): 1-0/0-2

Ferencvaros (Hungria) - Banik Ostrava (Checoslováquia): 3-2/0-3

Hibernians (Malta) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 1-2/1-8

Start (Noruega) - AZ (Holanda): 1-3/0-1

OPS (Finlândia) - Liverpool (Inglaterra): 0-1/0-7

CSKA (Bulgária) - Real Sociedad (Espanha): 1-0/0-0

Progrès (Luxemburgo) - Glentoran (Irlanda do Norte): 1-1/0-4

KB (Dinamarca) - Athlone Town (Rep.Irlanda): 1-1/2-2 (KB vence por golos fora)

Universitatea Craiova (Roménia) - Olympiakos (Grécia): 3-0/0-2

Benfica (Portugal) - Omonia (Chipre): 3-0/1-0 (golos lusos: Nené, Filipovic, Mansel/Chalana)

Oster (Suécia) - Bayern (Alemanha Ociental): 0-1/0-5

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Áustria Viena (Áustria) - Dynamo Kiev (União Soviética): 0-1/1-1

Vídeo: DYNAMO BERLIM - ASTON VILLA
video
Vídeo: ASTON VILLA - DYNAMO BERLIM
video
Dynamo Berlim (Alemanha Oriental) - Aston Villa (Inglaterra): 1-2/1-0 (Villa vence por golos fora)

Anderlecht (Bélgica) - Juventus (Itália): 3-1/1-1

Banik Ostrava (Checoslováquia) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 3-1/0-3

Vídeo: LIVERPOOL - AZ
video
AZ (Holanda) - Liverpool (Inglaterra): 2-2/2-3

CSKA (Bulgária) - Glentoran (Irlanda do Norte): 2-0/1-2

KB (Dinamarca) - Universitatea Craiova (Roménia): 1-0/1-4

Benfica (Portugal) - Bayern (Alemanha Ocidental): 0-0/1-4 (golo luso: Nené)

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: DYNAMO KIEV - ASTON VILLA
video
Vídeo: ASTON VILLA - DYNAMO KIEV
video
Dynamo Kiev (União Soviética) - Aston Villa (Inglaterra): 0-0/0-2

Anderlecht (Bélgica) - Estrela Vermelha (Jugoslávia): 2-1/2-1

Vídeo: CSKA - LIVERPOOL
video
Liverpool (Inglaterra) - CSKA (Bulgária): 1-0/0-2

Universitatea Craiova (Roménia) - Bayern (Alemanha Ocidental): 0-2/1-1

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: ASTON VILLA - ANDERLECHT
video
Aston Villa (Inglaterra) - Anderlecht (Bélgica): 1-0/0-0

CSKA (Bulgária) - Bayern (Alemanha Ocidental): 4-3/0-4

Final

Aston Villa (Inglaterra) - Bayern (Alemanha Ocidental): 1-0


Data: 26 de Maio de 1982

Estádio: Feyenoord Stadium, em Roterdão (Holanda)

Árbitro: Georges Konrath (França)

Aston Villa: Rimmer (Spink, aos 10m), Swain, Williams, Evans, McNaught, Mortimer, Bremner, Shaw, White, Cowans, e Morley. Treinador: Tony Barton

Bayern: Muller, Dremmler, Horsmann, Weiner, Augenthaler, Kraus (Niedermayer, aos 79m), Durnberger, Breitner, Hoeness, Mathy (Guttler, aos 52m), e Rummenigge. Treinador: Pal Csernai

Golo: 1-0 (White, aos 67m)
Pelo sexto ano consecutivo a Taça dos Campeões continuava a morar em Inglaterra, pese embora em 1982 tenha mudado de cidade, o mesmo é dizer de Liverpool para Birmingham pela mão do popular Aston Villa, que desta forma escrevia a página mais brilhante da sua centenária história.

Vídeo: ASTON VILLA - BAYERN

video

Melhor marcador:Dieter Hoeness (Bayern): 7 golos

TAÇA DAS TAÇAS

Época 1981/82

Pré-Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Politehnica Timisoara (Roménia) - Lokomotive Leipzig (Alemanha Oriental): 2-0/0-5

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Fram (Islândia) - Dundalk (Rep.Irlanda): 2-1/0-4

Vídeo: AJAX - TOTTENHAM
video
Vídeo: TOTTENHAM - AJAX
video
Ajax (Holanda) - Tottenham (Inglaterra): 1-3/0-3

FC SKA Rostov-on-Don (União Soviética) - Ankaragucu (Turquia): 3-0/2-0

Eintracht Frankfurt (Alemanha Ocidental) - PAOK (Grécia): 2-0/0-2 (Frankfurt vence nos penaltis)

Swansea City (País de Gales) - Lokomotive Leipzig (Alemanha Oriental): 0-1/1-2

Jeunesse Esch (Luxemburgo) - Velez Mostar (Jugoslávia): 1-1/1-6

Dukla Praga (Checoslováquia) - Rangers (Escócia): 3-0/1-2

Barcelona (Espanha) - Botev Plovdiv (Bulgária): 4-1/0-1

Valerenga (Noruega) - Légia (Polónia): 2-2/1-4

Lausanne (Suíça) - Kalmar (Suécia): 2-1/2-3 (Lausanne vence por golos fora)

Kotkan Tyovaen Palloilijat (Finlândia) - Bastia (França): 0-0/0-5

Dinamo Tbilisi (União Soviética) - Grazer (Áustria): 2-0/2-2

Enosis Neon Paralimni (Chipre) - Vasas (Hungria): 1-0/0-8

Floriana (Malta) - Standard Liège (Bélgica): 1-3/0-9

Vejle (Dinamarca) - FC Porto (Portugal): 2-1/0-3 (golos lusos: Romeu/Jaime Magalhães (2), Sousa)

Ballymena Utd. (Irlanda do Norte) - Roma (Itália): 0-2/0-4

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: TOTTENHAM - DUNDALK
video
Dundalk (Rep.Irlanda) - Tottenham (Inglaterra): 1-1/0-1

FC SKA Rostov-on-Don (União Soviética) - Eintracht Frankfurt (Alemanha Ocidental): 1-0/0-2

Lokomotive Leipzig (Alemanha Oriental) - Velez Mostar (Jugoslávia): 1-1/1-1 (Lokomotive vence nos penaltis)

Dukla Praga (Checoslováquia) - Barcelona (Espanha): 1-0/0-4

Légia (Polónia) - Lausanne (Suíça): 2-1/1-1

Bastia (França) - Dinamo Tbilisi (União Soviética): 1-1/1-3

Vasas (Hungria) - Standard Liège (Bélgica): 0-2/1-2

Vídeo: ROMA - FC PORTO
video
FC Porto (Portugal) - Roma (Itália): 2-0/0-0 (golos lusos: Mike Walsh, Costa)

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Vídeo: EINTRACHT FRANKFURT - TOTTENHAM
video
Tottenham (Inglaterra) - Eintracht Frankfurt (Alemanha Ocidental): 2-0/1-2

Lokomotive Leipzig (Alemanha Oriental) - Barcelona (Espanha): 0-3/2-1

Légia (Polónia) - Dinamo Tbilisi (União Soviética): 0-1/0-1

Vídeo: STANDARD LIÈGE - FC PORTO
video
Standard Liège (Bélgica) - FC Porto (Portugal): 2-0/2-2 (golos lusos: Jacques, Mike Walsh)

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)


Tottenham (Inglaterra) - Barcelona (Espanha): 1-1/0-1

Dinamo Tbilisi (União Soviética) - Standard Liège (Bélgica): 0-1/0-1

Final

Barcelona (Espanha) - Standard Liège (Bélgica): 2-1


Data: 12 de Maio de 1982

Estádio: Nou Camp, em Barcelona (Espanha)

Árbitro: Walter Eschweiler (Alemanha Ocidental)

Barcelona: Urruti; Gerardo, Migueli, Alesanco, Manolo; Sanchez, Moratalla, Esteban; Simonsen, Quini, Carrasco. Treinador: Udo Lattek

Standard: Preud'homme; Gerets, Poel, Meeuws, Plessers; Vandermissen, Daerden, Haan, Botteron; Tahamata, Wendt. Treinador: Raymond Goethals

Golos: 0-1 (Vandermissen, aos 7m), 1-1 (Simonsen, aos 44m), 2-1 (Quini, aos 63m)


A jogar em sua própria casa, e perante 80 000 almas "blue-grana", o Barcelona sentiu algumas dificuldades para conquistar a sua segunda Taça das Taças ante um combativo Standard Liège orientado pelo mestre da táctica Raymond Goethals.


Vídeo: BARCELONA - STANDARD LIÈGE

video

Melhores marcadores: Shengelia (Dinamo Tbilisi), Voordeckers (Standard Liège): 6 golos

TAÇA UEFA

Época 1981/82

1ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)


Kaiserslautern (Alemanha Ocidental) - Akademik Sofia (Bulgária): 1-0/2-1

Magdeburgo (Alemanha Oriental) - Borussia Monchengladbach (Alemanha Ocidental): 3-1/0-2 (Borussia vence por golos fora)

Adanaspor (Turquia) - Inter (Itália): 1-3/1-4

Apoel (Chipre) - Arges Pitesti (Roménia): 1-1/0-4

Aris Salónica (Grécia) - Sliema Wanderers (Malta): 4-0/4-2

Mónaco (França) - Dundee Utd. (Escócia): 2-5/2-1

Boavista (Portugal) - Atlético Madrid (Espanha): 4-1/1-3 (golos lusos: Vital, Jorge Silva, Coelho, Palhares/Diamantino)

Bryne (Noruega) - Winterslag (Bélgica): 0-2/2-1

Dinamo Bucareste (Roménia) - Levski Sofia (Bulgária): 3-0/1-2

Bohemians Praga (Checoslováquia) - Valência (Espanha): 0-1/0-1

Haka (Finlândia) - IFK Gotemburgo (Suécia): 2-3/0-4

Nantes (França) - Lokeren (Bélgica): 1-1/2-4

Spartak Moscovo (União Soviética) - Club Brugge (Bélgica): 3-1/3-1

Zenit Leningrad (União Soviética) - Dynamo Dresden (Alemanha Oriental): 1-2/1-4

Feyenoord (Holanda) - Szombierki Bytom (Polónia): 2-0/1-1

Grasshopper (Suíça) - West Bromwich Albion (Inglaterra): 1-0/3-1

Hajduk Split (Jugoslávia) - Estugarda (Alemanha Ocidental): 3-1/2-2

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - Utrecht (Holanda): 0-1/6-3

Vídeo: IPSWICH TOWN - ABERDEEN
video
Vídeo: ABERDEEN - IPSWICH TOWN
video
Ipswich Town (Inglaterra) - Aberdeen (Escócia): 1-1/1-3

Beveren (Bélgica) - Linfield (Irlanda do Norte): 3-0/5-0

Víkingur (Islândia) - Bordéus (França): 0-4/0-4

Dinamo Tirana (Albânia) - Carl Zeiss Jena (Alemanha Oriental): 1-0/0-4

Vídeo: LIMERICK UNITED - SOUTHAMPTON
video
Limerick Utd. (Rep.Irlanda) - Southampton (Inglaterra): 0-3/1-1

Malmo (Suécia) - Wisla (Polónia): 2-0/3-1

Nápoles (Itália) - Radnicki Nis (Jugoslávia): 2-2/0-0 (Nis vence por golos fora)

Neuchâtel Xamax (Suíça) - Sparta Praga (Checoslováquia): 4-0/2-3

Vídeo: PANATHINAIKOS - ARSENAL
video
Panathinaikos (Grécia) - Arsenal (Inglaterra): 0-2/0-1

PSV (Holanda) - Naestved (Dinamarca): 7-0/1-2

Rapid Viena (Áustria) - Videoton (Hungria): 2-2/2-0

Sturm Graz (Áustria) - CSKA Moscovo (União Soviética): 1-0/1-2 (Graz vence por golos fora)

Sporting (Portugal) - Red Boys Differdange (Luxemburgo): 4-0/7-0 (golos lusos: Oliveira (2), Manuel Fernandes, Jordão/Oliveira (2), Mário Jorge (2), Freire, Inácio, Jordão)

Tatabánya (Hungria) - Real Madrid (Espanha): 2-1/0-1 (Real vence por golos fora)

2ª Eliminatória (1ª e 2ª mãos)

Aberdeen (Escócia) - Arges Pitesti (Roménia): 3-0/2-2

Aris Salónica (Grécia) - Lokeren (Bélgica): 1-1/0-4

Borussia Monchengladbach (Alemanha Ocidental) - Dundee Utd. (Escócia): 2-0/0-5

Bordéus (França) - Hamburgo (Alemanha Ocidental): 2-1/0-2

Spartak Moscovo (União Soviética) - Kaiserslautern (Alemanha Ocidental): 2-1/0-4

Feyenoord (Holanda) - Dynamo Dresden (Alemanha Oriental): 2-1/1-1

Grasshopper (Suíça) - Radnicki Nis (Jugoslávia): 2-0/0-2 (Nis vence nos penaltis)

Inter (Itália) - Dinamo Bucareste (Roménia): 1-1/2-3

Winterslag (Bélgica) - Arsenal (Inglaterra): 1-0/1-2 (Winterslag vence por golos fora)

Beveren (Bélgica) - Hajduk Split (Jugoslávia): 2-3/2-1 (Hajduk vence por golos fora)

Malmo (Suécia) - Neuchâtel Xamax (Suíça): 0-1/0-1

Real Madrid (Espanha) - Carl Zeiss Jena (Alemanha Oriental): 3-2/0-0

Rapid Viena (Áustria) - PSV (Holanda): 1-0/1-2 (Rapid vence por golos fora)

Sturm Graz (Áustria) - IFK Gotemburgo (Suécia): 2-2/2-3

Vídeo: SOUTHAMPTON - SPORTING
video
Southampton (Inglaterra) - Sporting (Portugal): 2-4/0-0 (golos lusos: Manuel Fernandes (2), Jordão, Holmes (p.b.))

Valência (Espanha) - Boavista (Portugal): 2-0/0-1 (golo luso: Diamantino)


Oitavos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Aberdeen (Escócia) - Hamburgo (Alemanha Ocidental): 3-2/1-3

IFK Gotemburgo (Suécia) - Dinamo Bucareste (Roménia): 3-1/1-0

Winterslag (Bélgica) - Dundee Utd. (Escócia): 0-0/0-5

Lokeren (Bélgica) - Kaiserslautern (Alemanha Ocidental): 1-0/1-4

Radnicki Nis (Jugoslávia) - Feyenoord (Holanda): 2-0/0-1

Rapid Viena (Áustria) - Real Madrid (Espanha): 0-1/0-0

Vídeo: NEUCHÂTEL XAMAX - SPORTING
video
Sporting (Portugal) - Neuchâtel Xamax (Suíça): 0-0/0-1

Valência (Espanha) - Hajduk Split (Jugoslávia): 5-1/1-4

Quartos-de-final (1ª e 2ª mãos)

Dundee Utd. (Escócia) - Radnicki Nis (Jugoslávia): 2-0/0-3

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - Neuchâtel Xamax (Suíça): 3-2/0-0

Real Madrid (Espanha) - Kaiserslautern (Alemanha Ocidental): 3-1/0-5

Valência (Espanha) - IFK Gotemburgo (Suécia): 2-2/0-2

Meias-finais (1ª e 2ª mãos)

Kaiserslautern (Alemanha Ocidental) - IFK Gotemburgo (Suécia): 1-1/1-2

Radnicki Nis (Jugoslávia) - Hamburgo (Alemanha Ocidental): 2-1/1-5

Final (1ª mão)

IFK Gotemburgo (Suécia) - Hamburgo (Alemanha Ocidental): 1-0


Data: 5 de Maio de 1982

Estádio: Ullevi, em Gotemburgo (Suécia)

Árbitro: John Carpenter (Rep.Irlanda)

IFK Gotemburgo: Wenersson; Svensson, Hysen, C.Karlsson, Fredriksson; Tord Holmgren, J.Karlsson, Stromberg; Corneliusson, Nilsson (Sandberg), Tommy Holmgren (Schiller). Treinador: Sven-Göran Eriksson

Hamburgo: Stein; Kaltz, Jakobs, Hieronymus, Groh; Hartwig, Wehmeyer, Magath; Von Heesen (Memering), Bastrup, Hrubesch. Treinador: Ernst Happel

Golo: 1-0 (Tord Holmgren, aos 87m)

Final (2ª mão)

Hamburgo (Alemanha Ocidental) - IFK Gotemburgo (Suécia): 0-3


Data: 19 de Maio de 1982

Estádio: Volksparkstadion, em Hamburgo (Alemanha Ocidental)

Árbitro: George Courtney (Inglaterra)

Hamburgo: Stein; Kaltz (Hidien), Hieronymus, Groh, Wehmeyer; Hartwig, Memering, Magath, Von Heesen; Hrubesch, Bastrup. Treinador: Ernst Happel

IFK Gotemburgo: Wenersson; Svensson; Hysen (Schiller), C.Karlsson, Fredriksson; Tord Holmgren, Stromberg, J.Karlsson; Corneliusson (Sandberg), Nilsson, Tommy Holmgren. Treinador: Sven-Göran Eriksson

Golos: 0-1 (Corneliusson, aos 26m), 0-2 (Nilsson, aos 61m), 0-3 (Fredriksson, aos 63m)

País sem grandes tradições futebolísticas ao nível de clubes a Suécia inscrevia em 1982 o seu nome no livro de ouro da eurotaças, graças a um super, e surpreendente, IFK Gotemburgo treinado pelo então desconhecido... Sven-Göran Eriksson!

Vídeos: IFK GOTEMBURGO - HAMBURGO / HAMBURGO - IFK GOTEMBURGO

video

Melhor marcador:Nilsson (IFK Gotemburgo): 9 golos

SUPERTAÇA EUROPEIA

Época 1981/82

1ª mão


Barcelona (Espanha) - Aston Villa (Inglaterra): 1-0

Data: 19 de Janeiro de 1983

Estádio: Nou Camp, em Barcelona (Espanha)

Árbitro: Galler (Suíça)

Barcelona: Urruti, Tente, Migueli, Julio Alberto, Periko Alonso (Urbano, aos 75m), José Ramón Alexanko, Marcos Alonso, Bernd Schuster, Quini (Pichi Alonso, aos 65m), Víctor Muñoz, Francisco José Carrasco. Treinador: Udo Lattek

Aston Villa: Nigel Spink, Mark Jones (Colin Gibson, aos 35m), Gary Williams, Allan Evans, Ken McNaught, Dennis Mortimer, Des Bremner, Gary Shaw, Peter Withe, Gordon Cowans, Tony Morley. Treinador: Tony Barton

Golo: 1-0 (Marcos Alonso, aos 52m)

2ª mão

Aston Villa (Inglaterra) - Barcelona (Espanha): 3-0


Data: 26 de Janeiro de 1983

Estádio: Villa Park, em Birmingham (Inglaterra):

Árbitro: Alexis Ponnet (Bélgica)

Aston Villa: Nigel Spink, Gary Williams, Allan Evans, Ken McNaught, Colin Gibson, Des Bremner, Andy Blair, Gordon Cowans Gary Shaw (Paul Birch, aos 88m), Peter Withe, Tony Morley (Mark Walters, aos 76m). Treinador: Tony Barton

Barcelona: Urruti, Tente, Migueli, José Ramón Alexanko, Julio Alberto, Periko Alonso, Bernd Schuster, Víctor Muñoz, Marcos Alonso, Urbano, Francisco José Carrasco (Quini, aos 30m (Manolo, aos 55m)). Treinador: Udo Lattek

Golos: 1-0 (Shaw, aos 80m), 2-0 (Cowans, aos 100m), 3-0 (McNaught, aos 104)


Foi preciso um prolongamento de 30 minutos para decidir quem ficava com a Supertaça Europeia alusiva à temporada de 1981/82. O Villa seria mais eficaz - e resistente - que o Barça... 


Vídeo: ASTON VILLA - BARCELONA

video

Nenhum comentário: